MAIS
    HomeBrasilMinistro Renan Filho entrega obra que encerra quase meio século de espera...

    Ministro Renan Filho entrega obra que encerra quase meio século de espera por pavimentação na BR-226/MA

     

    Governo Federal acelera trabalhos, conclui 62% das obras em dois anos e entrega
    reparação histórica em rodovia que liga Maranhão e Piauí

     

    Ministro Renan Filho inaugura 100 quilômetros de pavimentação na BR-226 – Foto: Marcio Ferreira/MT

    Durante a manhã desta sexta-feira (26), o ministro dos Transportes, Renan Filho, participou da inauguração dos 100 quilômetros de pavimentação da BR–226/MA, no trecho que liga o povoado de Baú ao município de Timon, no Maranhão. Com um investimento de R$ 153,4 milhões por meio do Novo PAC, a obra é fundamental para o desenvolvimento local, pois é essa rodovia que conecta o estado do Maranhão com a capital do estado vizinho, Teresina-PI, maior cidade da região e que é separada de Timon apenas pelo Rio Parnaíba. Desde a criação da BR-226, é a primeira vez que o trecho do km 0 ao km 100 está asfaltado.

     

    “Essa entrega é mais do que a conclusão de uma obra rodoviária; é o cumprimento de um compromisso histórico com o povo maranhense. Significa a realização de um sonho que se arrastava por quase cinco décadas. E no governo do presidente Lula, a gente realiza sonhos, porque ele ampliou a capacidade de investimento do país. Essa conclusão é uma grande realização para o Maranhão, Piauí e para o Brasil, uma demanda importantíssima para a integração nacional e que agora está pronta.”, enfatizou o ministro Renan Filho.

     

    Há mais de 15 anos morando e trabalhando na região, o comerciante Wagner César tem a própria vida atrelada à rodovia. Presente, passado e futuro. “A BR, ela acompanha uma história de vida, né? Começamos eu e meus filhos aqui com apenas um quarto de 5 por 5, e era só poeira. Essa hora do dia você não conseguia ver nada em casa, só poeira mesmo. A gente fazia sempre a reivindicação aqui em Timon, no povoado de Baú e na divisa lá com a Presidente Dutra, que são 100 quilômetros de estrada. Então hoje, aqui é outro mundo, pode se falar. Vai passar mais gente, os caminhoneiros estão vindo. Você já viu que aqui, só aqui do meu lado, eu acho que deve ter uns 50 empregos gerados. Eu tenho uns 8, o amigo ali deve ter uns 10, o mercadinho tem três, o rapaz do frango tem quatro. Só nesse pedaço de chão.”, destacou.

     

    Para oferecer uma pista preparada para atender às necessidades dos usuários e garantir segurança aos usuários, foram realizados os seguintes serviços na BR-226/MA:

    • Terraplenagem
    • Construção da sub-base e base
    • Aplicação da capa asfáltica (CBUQ)
    • Implantação de bueiros
    • Execução da drenagem
    • Instalação de meios-fios e sarjetas
    • Implementação de sinalização horizontal e vertical

    Para quem percorre o caminho com frequência, a vida ficou mais fácil. E mais segura. “Tinha muito buraco e quando chovia eu atolava nas poças d’água, era difícil demais andar por aqui. Para evitar, a gente pegava BR-316 ia até Caxias ou então Peritoró, aí de lá pegava uma rodovia estadual do Maranhão para sair em Presidente Dutra. Quem ia por aqui e ficava encalhado, dormia na rua, ao relento. Porque nem tinha pouso e não dava pra passar, tinha que esperar secar. Mesmo sem chuva, gastava de 8 a 10 horas pra chegar em Presidente Dutra, agora a gente faz por volta de três horas e meia. Agora está ótimo, a pista é de primeira, de luxo”, celebra o caminhoneiro Aderaldo Ferreira.

     

    Mais avanços a caminho

     

    Para concluir a infraestrutura viária, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), está concentrando esforços em Timon-MA. Isso inclui finalizar a pavimentação de mais 11 quilômetros na região, do trecho em frente ao posto fiscal. A obra tem previsão de conclusão até o final de julho deste ano. Simultaneamente, as obras de terraplenagem estão em andamento para o contorno da cidade, localizado na BR-316/MA, com previsão de término até setembro de 2024, após o período das chuvas.

     

    “A missão está cumprida, mas temos mais parcerias a caminho. E quero unir o meu governo com o governador do Piauí, com os parlamentares dos dois estados e fazer uma quarta ponte entre Timon e Teresina”, disse o governador maranhense Carlos Brandão.

     

    Ainda para este ano, o Ministério dos Transportes prevê um investimento de R$ 872,1 milhões em rodovias e ferrovias maranhenses. Além disso, o Governo Federal tem trabalhado para melhorar a malha rodoviária do estado, cujo Índice de Condição de Manutenção (ICM) passou de 30% de estradas consideradas boas em 2022 para 54% em março de 2024. A meta atual é que esse percentual suba para 70% até o fim do ano.

     

    Obras no Piauí

     

    Após a entrega no Maranhão, o ministro Renan Filho atravessou o Rio Paranaíba e fez uma visita técnica às obras da trincheira da Ladeira do Uruguai, em Teresina, no Piauí. Situada na BR-343, a obra integra o contorno rodoviário da capital e visa melhorar a fluidez do tráfego na região, especialmente na interseção da rodovia BR-343/PI com a Av. João XXIII.

     

    “Aqui na Ladeira do Uruguai foram investidos mais de R$ 46 milhões, só nessa obra. E a trincheira vai desafogar o trânsito pra ir ao trabalho, à escola, ao hospital, melhorar a mobilidade urbana de Teresina, e são investimentos que o presidente Lula tem feito através do Novo PAC pra virar a página”, enumerou o ministro Renan Filho.

     

    “Eu moro em uma cidade vizinha e pego dois ônibus para chegar na obra. E me sinto orgulhoso por estar aqui trabalhando, porque quem entra e quem sai de Teresina vai passar por aqui. Vou passar aqui depois de terminar e saber que ajudei a fazer a trincheira”, falou o eletricista Carlos Júnior.

     

    A trincheira é uma obra de rebaixamento da via junto a um anel viário integrado. A construção vai cobrir todos os 780 metros do trecho e conta com:

    • Duas pistas
    • Separação por barreiras new jersey
    • Faixas de segurança
    • Dois viadutos

    Além do ministro Renan Filho, também participaram da agenda no Nordeste o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, o ministro do Desenvolvimento Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, o senador Marcelo Castro e o diretor-geral do DNIT, Fabrício Galvão.

     

    Ao todo, o Ministério dos Transportes vai investir R$ 592,5 milhões no Piauí só este ano, quase cinco vezes mais do que o valor aplicado em 2022.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img