Prefeito tucano longe da gaiola

0
26

O prefeito de Guarujá (SP) Válter Suman (PSDB) é investigado por desviar recursos públicos destinados ao enfrentamento da Covid-19. A PF encontrou R$2 milhões na operação que o prendeu. Mas pelo recente histórico de nossa Justiça, podemos esperar algo além de mais um caso de impunidade.

Válter Suman, e o secretário de Educação, Marcelo Nicolau, saíram do presídio na tarde deste sábado (18), após a Justiça Federal conceder liberdade provisória. Ambos foram presos durante a ‘Operação Nácar’, da Polícia Federal, que apura um esquema de desvio de dinheiro na rede pública de saúde.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui