PT MINEIRO PRESSIONA POR MAIS VAGAS

0
12
Deu em O Globo

PT mineiro pressiona por mais vagas

 

Diretório quer pelo menos dois ministérios; volta de Patrus é incerta

O PT mineiro, que foi para o sacrifício na eleição para governador e não lançou candidato próprio, apoiando Hélio Costa, do PMDB, quer mais do que uma vaga para Fernando Pimentel no Ministério do governo Dilma Rousseff.

Reivindica pelo menos dois postos no primeiro escalão, o mesmo espaço que tinha em 2003. Mas a volta de Patrus Ananias ao governo não está assegurada.

O diretório encaminhou uma lista de quatro nomes à equipe de transição: Pimentel, Patrus, Virgílio Guimarães e Luiz Dulci. Virgílio foi descartado pelo presidente nacional do partido, José Eduardo Dutra, e Dulci encaminhou carta abrindo mão da indicação.

Os partidos da base do governo em Minas — que estiveram unidos na eleição, garantindo a Dilma uma diferença de 1,8 milhão de votos sobre o candidato tucano José Serra — trabalham cada um por si para emplacar seus quadros no governo.

Além de definir a situação dos mineiros, Dilma Rousseff tem que começar a desatar os nós da disputa dos partidos aliados em torno do comando de vários ministérios. Estão complicadas as definições dos ministérios da Saúde, dos Transportes, da Integração Nacional, da Previdência e das Cidades.

Leia mais em O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui