Relembre as empresas envolvidas na Caixa de Pandora

0
93
cristina boner
Cristina Boner, dona da TBA, em conversa com Durval Barbosa.

 

 

 

 

 

 

 

A Operação Caixa de Pandora foi deflagrada pela Polícia Federal em 27 de novembro de 2009, contra o suposto esquema de pagamento de propina à base aliada do governo do Distrito Federal. O então governador, José Roberto Arruda (DEM), apareceu em vídeos recebendo maços de dinheiro de Durval Barbosa, então secretário de Relações Institucionais, que contribuiu com a PF.

Relembre as empresas que foram denunciadas em 2012 pelo então Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, contra 37 suspeitos de envolvimento no escândalo do mensalão do DEM, alvo da Operação Caixa de Pandora:

Nerci Bussanra
Diretora da empresa Unirepro. Acusada de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

José Celso Gontijo
Empresário, dono da empreiteira JC Gontijo. Acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Alexandre Tavares de Assis
Diretor presidente da Info Educacional. Acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Antônio Ricardo Sechis
Dono da Adler, empresa de informática. Acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Alessandro Queiroz
Dono da CapBrasil Informática. Acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Francisco Tony de Souza
Dono da Veltax, empresa de informática. Acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Gilberto Lucena
Dono da Linknet, empresa de informática. Acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Cristina Boner
Dona do Grupo TBA, da área de informática. Acusada de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

 

 

Fonte: Donny Silva

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui