REUNIÃO DA CASA DA DEPUTADA ELIANA PEDROSA; PRENÚNCIO DO FIM DE UM GOVERNO E TENTATIVA DE GOLPE

1
22

E surgiu mais uma história surpreendente: No dia 4 de setembro, aconteceu uma reunião na casa da deputada distrital Eliana Pedrosa. Dois outros deputados foram convidados. Ao chegarem, ficaram surpresos com a presença de outras pessoas e com o teor bombástico da reunião. Estavam lá: Eliana Pedrosa, Robson Rodovalho, Durval Barbosa e Alberto Fraga. Leonardo Prudente e Júnior Brunelli eram os convidados. A proposta do grupo liderado por Eliana e Durval era que os demais deputados se unissem à eles, porque juntos e com a participação de Durval – que estaria interessado na queda do governador Arruda – fariam uma “limpeza política no GDF”, ao entregarem o esquema de corrupção montado pelo DEM no DF à Justiça. Uma vez o fato consumado, com Arruda e Paulo Octávio fora do poder, o caminho estaria livre para que Eliana Pedrosa fosse eleita pelo grupo, Presidente da Câmara Legislativa do DF, com a renúncia “espontânea” de Prudente, o que a tornaria governadora do DF. Os deputados Brunelli e Prudente não quiseram participar do jogo e saíram da reunião após ouvirem a proposta de golpe em cima de Arruda. Como se vê, de tanto trair, Arruda foi traído por aqueles mais próximos. Durval, antes de fazer acordo com a Justiça, ainda tentou se segurar, mas não deu. Fraga e Eliana já sabiam da disposição de Durval em contar tudo. Por quê se omitiram? Por quê chamaram outros dois deputados para tentar um acordo para usar as informações de Durval para ocupar o lugar de Arruda e de Paulo Octávio? Lembro ainda, que Brunelli já estava no DEM quando Arruda entrou. Até então, o candidato ao governo do Distrito Federal, para Brunelli e sua igreja, era o presidente do partido, Paulo Octávio, que depois foi sorrateiramente convencido por Arruda, a não ser cabeça de chapa e acabou por ficar com a cauda mesmo, o que irritou aos demais simpatizantes da candidatura de PO. Porém, não havia mais prazo para a mudança de partido.

Podem falar o que quiserem, mas em quase 30 anos de convívio político, jamais vi tanta lama, traição, tentativa de suborno, esquema e arrogância, quanto neste governo do DEM, capitaneado por Arruda e Cia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui