Nutricionista orienta pais sobre o preparo do lanche escolar

0
16
lancheescolar

Dicas sobre conservação dos alimentos e a preferência pelos mais saudáveis

 

 

Durante esse período de volta às aulas, muitos pais ficam com dúvidas sobre o que colocar na lancheira dos filhos como também dos grupos de alimentos que não podem faltar e, até mesmo, aqueles que devem ser evitados. Para esclarecer algumas dessas questões, a nutricionista do Centro de Saúde n° 1 de Samambaia, Lindóia Campos da Silva, revela dicas importantes sobre alimentos mais saudáveis para serem levados na lancheira.

De acordo com a nutricionista, vitaminas, minerais, proteínas e carboidratos são essenciais. “O que não pode acontecer é colocar na lancheira somente uma fruta, é preciso incluir outros grupos de alimentos, pois as crianças precisam de energia”, informa.

A quantidade de alimento colocada na lancheira é outro ponto relevante e destacado por ela. “É necessário, além do bom senso, prestar atenção na quantidade de alimento para que não interfira na próxima refeição, como o almoço, se a criança estiver na escola pela manhã, ou o jantar, quando for o caso”, esclarece.

Conservação

Em relação à conservação do lanche, Lindóia Campos alerta aos pais para darem preferência à lancheira térmica, por conservar por mais tempo os nutrientes dos alimentos. Além disso, a higienização da própria lancheira deve ser feita regularmente.

Os alimentos devem também ficar separados uns dos outros para que não ocorram mudanças de sabor ou cheiro. “Os cuidados com a armazenagem e a higiene dos alimentos são muito importantes. É preciso prestar sempre atenção, também, na validade dos produtos”, alerta a nutricionista.

Sugestões de combinações de lanches

Lindóia Campos explica que o lanche das crianças não deve ser volumoso ou muito calórico. “A criança está em fase de crescimento e o valor nutricional é muito importante para o seu desenvolvimento. Porém, não é necessário enviar para a escola algo que seja uma bomba calórica”, disse.

A nutricionista de Samambaia sugere algumas combinações de lanches que os pais podem incluir na lancheira escolar:
-Iogurte natural e frutas;
– suco de frutas com bolacha de sal ou peta ou sanduíche;
– suco de frutas com bolo de milho ou de cenoura ou broa de milho;
– suco de frutas com bisnaguinha integral ou sequilhos;
– suco de frutas com pão integral e queijo branco.

A profissional recomenda que, em relação ao iogurte, por exemplo, que pela manhã bem cedo ele seja colocado no congelador e somente quando a criança for para a escola é que deve ser posto na lancheira. Sobre o suco, que deve ser da própria fruta, ela orienta que os pais dêem preferência por colocá-lo em garrafa térmica, caso contrário, que sigam as mesmas dicas de conservação do iogurte.

Já as frutas devem ser bem lavadas ainda em casa e aquelas como maçã e banana devem ser colocadas na lancheira inteiras, com a própria casca. O mamão e o melão, por exemplo, podem ser cortados e colocados em suporte de plástico ou papel filme.

Outra dica é em relação aos sanduíches, que caso não sejam colocados no suporte apropriado, que sejam enrolados em papel alumínio.
Segundo ela, é importante dar preferência a sucos de frutas ao invés de sucos artificiais ou refrigerantes; preferir queijo branco ao queijo amarelo; biscoitos de sal aos recheados; pão integral ao pão branco; além de evitar salgadinhos industrializados e fritos, doces e chocolates.

Para finalizar, a profissional sugere que os alimentos mais saudáveis e o bom senso dos pais em relação à quantidade prevaleçam.

 

Por Iêda Oliveira, da Agência Saúde DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui