Técnico em enfermagem é preso após extorquir empresário do N. Bandeirante

0
8
O suspeito exigiu que o dinheiro fosse colocado em um túmulo do cemitério de Taguatinga

 

Manoela Alcântara

 

Primeiro se aproximou de amigos, na sequencia, pegou informações no Facebook, para só então chantagear a vítima. Foi assim que o técnico em enfermagem Joel Ribeiro de Sousa, 29 anos, ameaçou um empresário do Núcleo Bandeirante. Alegando saber de segredos que podiam comprometer tanto a vida pessoal quanto a financeira da vítima, Joel pediu que fosse feito um depósito no valor de R$ 6 mil.

Leia mais notícias em Cidades

Após 15 dias de negociação o valor abaixou para R$ 4,5 mil, no entanto, o suspeito impôs uma condição peculiar, pediu para que a vítima colocasse o dinheiro dentro de um túmulo no cemitério de Taguatinga. A polícia foi avisada sobre a extorsão. Durante sete dias agentes da 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante), fizeram campana no local. Mas  suspeito apareceu para pegar o dinheiro só na manhã deste sábado (25/1). Joel Ribeiro foi preso em flagrante.

Segundo o delegado titular, Victor Dan, a pena pode ser agravada devido as condições impostas pelo suspeito. “É um crime grave, a pena pode ser de 4 a 10 anos. É um ato similar ao roubo a mão armada. O Código Penal prevê que as circunstâncias do crime pode agravar a pena e, neste caso, fica evidente que o suspeito tinha intenção de aterrorizar a vítima ao pedir que o dinheiro fosse entregue no cemitério” afirmou.

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui