Câmara homenageia meninas de Brasília campeãs mundiais de futebol

0
11

Em concorrida sessão solene no plenário, a Câmara Legislativa homenageou na tarde esta segunda-feira (13) as estudantes da equipe de futebol feminino do Colégio Certo, de Brasília, campeã mundial da Euro 2016, realizada na França, nas cidades de Lille e Lens. O evento festivo reuniu as atletas participantes, dirigentes esportivos, pais e colegas das meninas. A iniciativa da homenagem foi do deputado Júlio César (PRB).

Ao parabenizar as meninas, o distrital enfatizou a relevância do título que elas conquistaram depois de terem sido vice-campeãs nacionais na seletiva realizado em Camboriú, em 2015. “Com muita força e garra vocês representaram tão bem o futebol feminino estudantil do Distrito Federal e do Brasil”, afirmou, antes da entrega do certificando de louvor às atletas campeãs.

A secretária de Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal, Leila Barros, enalteceu a conquista, evocando que, assim como elas, como estudante pobre de Brasília, filha de mecânica que só estudou em escolas públicas, também enfrentou muitas dificuldades para se consagrar como atleta campeã, como jogadora de voleibol. “Vocês têm que querer sempre mais”, recomendou, ao comentar que “o desporto estudantil é transformador e desperta nos atletas sede de crescimento humano”, inclusive naqueles que não conseguem grandes vitórias.

O presidente da Federação Regional do Desporto Escolar do Distrito Federal e Entorno, Marcelo Rozemberg, parabenizou também as atletas e brincou com elas, afirmando que na partida final as meninas de Brasília “conseguiram vingar a derrota da Seleção Brasileira para a Alemanha na Copa do Mundo, vencendo a equipe feminina daquele país por 2 a 0. “O futebol feminino ainda enfrenta muitas dificuldades em nosso País, mas está se consolidando”, advertiu, garantindo apoio ao desenvolvimento daquela modalidade esportiva dentro das escolas.

Emoção – Sem esconder a emoção, o técnico da equipe campeã, Marcos Carvalho, rememorou toda a trajetória de formação daquela equipe, ressaltando que foi uma luta de muitos anos e com muito sacrifício das atletas campeãs. “Precisamos de mais apoio de vocês” – exortou, sob aplausos das galerias lotadas por alunos do colégio onde as garotas estudam.

“Ainda não consigo ter noção do que a gente fez e eu nem sei mais o que sonhar”, sintetizou a capitã da equipe campeã, a Vitória – uma das mais experientes do grupo. Ela agradeceu a homenagem em nome de todo o time. E lembrou todos os percalços que enfrentaram, inclusive para obtenção de passaportes. “Agradeço especialmente o apoio e dedicação dos nossos pais”, destacou.

Fonte: CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui