Crise no DF movimenta parlamentares do Senado, Câmara Federal e Distrital

0
14

Por Delmo Menezes

 

Reunião realizada nesta terça-feira (31) na residência do deputado Izalci Lucas (PSDB-DF), mobilizou toda bancada federal do DF, além de deputados distritais. Na oportunidade, foi discutido o grave momento político, administrativo e financeiro por que passa o Distrito Federal, além de sugestões de pautas concretas para o Executivo.

O encontro reuniu os Senadores Cristovam Buarque (PPS-DF), José Antonio Reguffe (sem partido), deputados federais da bancada do DF – Izalci Lucas (PSDB-DF), Laerte Bessa (PR-DF), Rogério Rosso (PSD-DF), Alberto Fraga (DEM-DF), Roney Nemer (PP-DF), Augusto Carvalho (SD-DF) e Ronaldo Fonseca (PROS-DF), além dos distritais Celina Leão (PPS-DF),Wasny de Roure (PT-DF), Joe Vale (PDT-DF), Raimundo Ribeiro (PPS-DF), Cristiano Araújo (PSD-DF), Wellington Luiz (PMDB-DF) e Robério Negreiros (PSDB-DF).

De acordo com o anfitrião deputado Izalci, a reunião serviu para discutir os vários problemas que o Distrito Federal está passando, entre os quais, a crise hídrica, a solução para o custo do transporte público, a definição do PDOT e LUOS, a recuperação do Fundo Constitucional do DF em torno de R$ 1 bilhão junto ao TCU e governo federal, regularização fundiária por meio de parceria com a Polícia Federal, Ministério da Defesa, Ministério Público e TJDFT a exemplo do que está sendo feito no Pará e no Amazonas, disse o parlamentar.

“Acima das questões políticas, estão as questões das cidades. De que forma que o legislativo (Câmara Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado), podem ajudar a tirar o DF dessa crise que aí está. São muitos os problemas que estão afetando o dia a dia da nossa população, é esse o motivo de estarmos aqui reunidos”, destacou o deputado Izalci.

Segundo a deputada distrital Celina Leão (PPS-DF), “cada parlamentar presente na reunião, se comprometeu em ajudar de alguma forma. Este foi um encontro inédito, e isso é produtivo para a cidade”, disse a parlamentar.

O deputado Wasny de Roure (PT-DF), apresentou números que mostram que não existe um “caos” tão dramático em relação à  questão financeira anunciada pelo governo do DF, e se comprometeu colocar o seu gabinete a disposição de todos.

Para o deputado Augusto Carvalho (SD-DF), “o fato do deputado Izalci e o presidente Joe Valle (PDT-DF) provocar uma reunião como essa, é uma contribuição para a crise que aí está. Nós temos uma situação em Brasília, diferente de outros estados. Temos aqui o presidente da república no Palácio do Planalto, que tem a solução de muitas questões do Distrito Federal. Por exemplo a medida provisória 759, que trata da questão fundiária. Acho que a bancada do DF, deveria apresentar uma proposta unificadora pra enfrentar o problema fundiário no DF”, ressaltou o parlamentar.

Já para o deputado Laerte Bessa (PR-DF), “os meus problemas com Rollemberg começaram ainda no tempo em que o deputado Fraga era secretário de Transporte. A gente combinava uma coisa e o Rodrigo fazia outra coisa, mas isso é passado. Se a gente não fizer alguma coisa, corremos o risco de perdermos o Fundo Constitucional, e Brasília vai se tornar uma cidade insignificante em nosso país. Todas as áreas estão fracassadas”, afirmou o deputado.

Roney Nemer destacou que “quando lá no Congresso decidimos prioridades para emendas impositivas, o governador Rollemberg nos chamou e pediu pra gente colocar a reforma das caldeiras nos hospitais, que não estava na programação, e nós aceitamos. Muitas emendas que aprovamos no Congresso para o DF, o executivo não dá importância nenhuma. Você coloca o projeto e os recursos, aí vem o gestor ou diretor do órgão e diz não temos projeto, não é do nosso interesse, não está no nosso planejamento”, disse o parlamentar que é presidente do PP no DF.

O deputado Rogério Rosso (PSD-DF), que é presidente do partido no Distrito Federal, e que concorre a disputa da presidência da Câmara dos Deputados, destacou a iniciativa do deputado Izalci, declarando que reunião desta envergadura, é a primeira da história. “Nestes dois anos de mandato, é a primeira reunião que vieram mais deputados federais”, disse. Para o parlamentar que já governou o DF, “eu diria que neste momento de grave crise que o Distrito Federal atravessa, a palavra que deveria prevalecer seria desprendimento. Se for para o embate político, não é o que a população do DF necessita neste momento”, concluiu.

Nesta reunião foram apresentadas várias  sugestões e visões diferentes para os graves problemas que o DF está passando. Os parlamentares se comprometeram inclusive, informar o governador do conteúdo que foi discutido, e sugerir reuniões quinzenais com o Executivo, para levantamento de dados e apresentação de sugestões setoriais para ações de curto médio e longo prazo para o Distrito Federal.

Será criado o Comitê Permanente de Avaliação Estratégica (CPAE), composto por um senador, dois deputados federais e três deputados distritais, com o objetivo de apresentar soluções e definir os rumos políticos, administrativos e financeiro do DF.

Fonte:  Agenda Capital