A defesa de Daniel de Castro pela Família Tradicional incomoda Érika Kokay

43
50

danieldecastro:folder2danieldecastro:Folder

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No material de campanha do candidato a deputado distrital Daniel de Castro, ele defende  – com unhas e dentes – a denominada  ‘Família Tradicional’. Através de um folder, Castro apresenta o que defende e o que é contra.

Ele defende, por exemplo, a Vida Humana, a Educação dos filhos baseada nos valores cristãos, sem os abusos legais do Estado, o Combate às Drogas e a família tradicional, que na opinião do advogado e pastor, se trata do ‘fruto da união entre homem e mulher’.

No texto, ele assim complementa citando a Bíblia: Deus criou homem e mulher, para que ambos formem uma família. Portanto quando existe relacionamento entre dois seres do mesmo sexo, não é para outra coisa a não ser um prazer contrário a natureza. “Não se deite com um outro homem como quem se deita com uma mulher; é repugnante” (Levítico 18:22).

ericakokay

 

 

 

 

 

 

Quem não gostou do folder foi a deputada foi a deputada federal Erika Kokay (PT), conhecida defensora da causa gay. Mas ela está num saia-justa no DF, uma vez que seu partido está coligado com o PMDB de Daniel de Castro, cuja candidatura  representa boa parte do seguimento evangélico nestas eleições.

Em sua página na internet, a  deputada federal Érika Kokay defende  a  livre orientação sexual, e  reforça que os direitos humanos são indivisíveis e indissociáveis.

Além da disputa eleitoral, teremos pela frente uma disputa ideológica, entre os que defendem a família tradicional e aqueles que são contrários. E no voto, se saberá quem tem razão:  a maioria ou a minoria.

 

 

 

 

 

Fonte: Donny Silva

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui