E agora, Vanessa? Secretaria de Turismo é alvo de operação da PCDF

0
226

E mais uma operação policial assustou o GDF na manhã desta terça-feira (21), quando a Polícia Civil do DF deflagrou a operação El Dourado para investigar o suposto superfaturamento em contratos firmados pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal.

Por meio do Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor), os agentes cumpriram oito mandados de busca e apreensão, no DF e em Goiás.

De acordo com a Decor, a investigação teve início em maio/2021, com base em denúncia anônima, que trouxe a informação de que o superfaturamento estaria ocorrendo por meio da alteração para maior da metragem dos locais de execução de serviços na Secretaria de Turismo e ainda pela compra de bens por valor consideravelmente superior àquele já utilizado em compras anteriores do próprio órgão.

A secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, que veio do governo de Michel Temer para não ficar desempregada, vai precisar explicar muita coisa.

Em 2018, uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) indicou irregularidades supostamente cometidas pela secretária de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), Vanessa Mendonça, em contratos para campanhas de publicidade. Os fatos são referentes ao período em que ela atuou como diretora do Departamento de Marketing e Apoio à Comercialização do Turismo (Demac), do Ministério do Turismo, entre julho e dezembro de 2018.

Essa história de Ibaneis Rocha preencher importantes cargos no GDF com pessoas que ficaram desempregadas após o término do governo Temer (MDB), só têm dado dor de cabeça ao governador e envergonhado a cidade.

E as investigações continuam…

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui