MAIS
    HomeBrasil"General do Lula" apresenta atestado médico na Câmara mas aparece no mesmo...

    “General do Lula” apresenta atestado médico na Câmara mas aparece no mesmo dia concedendo entrevista

    Amigo de longa data do ex-presidiário, o general Gonçalves Dias se empolgou tanto com o cargo de ministro do Gabinete de Segurança Institucional que ganhou no governo Lula, que acabou protagonizando a maior trapalhada da República, com consequências previsíveis para o PT e sua turma, alçados ao poder sem multidão nas ruas e nas redes sociais.

    O PT, tão logo assumiu o comando do Brasil, foi com muita, mas muita sede ao pote dos cofres públicos para acomodar companheiros, aliados e ajudar ditadores mundo afora. E também com sede de vingança!

    Mas ao tentar se vingar dos milhões de brasileiros que foram legitima e pacificamente às ruas e quarteis exigir transparência nas eleições e liberdade de expressão (aliás, está assegurada na Constituição Federal), os esquerdistas cometeram um crime sem precedentes na história do país.

    Desde sempre tenho dito que houve facilitação para que infiltrados chegassem aos prédios para depredá-los, antes da chegada dos manifestantes que estavam pacificamente acampados há mais de 70 dias diante do Quartel General do Exército em Brasília.

    O governo lulista quis impor uma situação para incriminar a direita para servir de discurso esquerdista contra os denominados “golpistas” que cometeriam ” atos antidemocráticos”.

    Com a quebradeira e a falta de policiais militares experientes naquele domingo (que foram estranhamente notificados na noite anterior pelo então subcomandante da PMDF, coronel Klepter Rosa para que ficassem em casa) o cenário estava pronto para as medidas que contemplariam o PT na sequência.

    O primeiro ato foi pedir o afastamento por 90 dias do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) do cargo, além da prisão de graduados militares que foram às ruas defender a cidade naquele dia, além do pedido de prisão para o ex-ministro Anderson Torres, que se encontra em férias nos Estados Unidos, e que de fato só assumiria o cargo de secretário de Segurança Pública no fim do mês de janeiro.

    O segundo ato foi pedir a prisão de todos os acampados diante do QG do Exército, que foram enganados pelo próprio Exército, que os convenceu a deixar o local em vários ônibus que os deixariam em outros locais para que voltassem para casa. Mas foram levados, inclusive crianças até um cachorro, para o ginásio da Polícia Federal em Brasília e mantidos presos lá por alguns dias, sob condições ilegais, imorais e desumanas – um verdadeiro campo de concentração!

    Diante da forte pressão popular, crianças, alguns idosos e o cachorro foram soltos, mas a maioria seguiu posteriormente para o presídio da Papuda, acusados de terrorismo, sem direito à defesa.

    Mas chamou atenção das pessoas sérias, honestas e trabalhadoras, as imagens de conservadores pedindo para que infiltrados que já estavam dentro dos prédios do Planalto, Congresso Nacional e STF, parassem com a quebradeira.

    Chamou atenção também o fato de uma mulher acusada de ser a líder da quebradeira, aparecer sorrindo diante das câmeras dizendo “missão dada, missão cumprida”.

    Diante das cenas, partidos e políticos de centro e de direita passaram a cobrar imediata instalação de uma Comissão Parlamentar Mista de inquérito (CPMI) para apurar a quebradeira e a facilitação ocorrida naquele 8 de janeiro.

    Mas imediatamente o presidente Lula mandou colocar as imagens sob sigilo, com o cinismo de dizer que era para a segurança do Planalto. Mas como toda mentira tem perna curta, bastou uma viagem à China, com declarações de amor ao comunismo e de ódio aos Estados Unidos, para que Lula caísse em desgraça. E foi o que aconteceu nesta histórica terça-feira (19).

    As imagens são claras e mostram que o ministro do GSI estava na invasão, que houve recuo das tropas, que as portas foram abertas e que os invasores foram cumprimentados e receberam até água!

    A CNN é Main Streaming dos Estados Unidos. E foi a CNN Brasil que divulgou as imagens internas do Palácio do Planalto de 8 de janeiro, jogando na lama o GSI e  Lula, poucos dias após o governo lulista fechar acordos com os chineses. Lula foi ao EUA passear, Biden o recebeu com cortesia e só! Lula também foi à China e arrastou asa para Puttin e culpou os norte-americanos pela guerra na Ucrânia. Aí a CNN norte-americana resolveu responder à altura e soltou as imagens que destroem a narrativa da tentativa de golpe de estado em 8 de janeiro.

    Os EUA iniciaram a derrubada de Luiz Inácio, que não aprendeu a deixar de mentir, e que nem foi ressocializado no tempo em que ficou preso nas dependências da PF em Curitiba.

    Recentemente Lula afirmou que durante o período em que ficou preso, só pensava em “f…” o ex-juiz e atual senador Sérgio Moro.

    E tão logo as imagens foram divulgadas pela CNN Brasil, a Câmara convocou o ministro do GSI, Gonçalves Dias para prestar esclarecimentos, mas ele não foi. Apresentou um atestado médico assinado por um corajoso médico cuja inscrição dele é de 09/02/23. Ele é médico intensivista, segundo o Escavador. Atualmente é médico de esquadrão de unidade da Força Aérea Brasileira.

    Nesta terça-feira, mais cedo, o “general de Lula”  apresentou o documento à Comissão de Segurança Pública da Câmara, alegando que foi atendido  com “quadro clínico agudo e com necessidade de medicação e observação”. No fim do dia, após reunião no Planalto, Gonçalves Dias foi convencido a pedir para deixar o cargo e foi o que ele fez.

    O atestado foi emitido às 13 horas, sendo que a sessão estava prevista para acontecer a partir das 14 horas. E mesmo de atestado, e aparentando estar muito bem de saúde, o general Marco Edson Gonçalves Dias, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI)  concedeu uma entrevista à GloboNews na noite desta quarta-feira, 19. Ou seja: mais uma trapalhada sem precedentes!

    Agora, senadores e deputados querem o impeachment de Lula e a prisão de Gonçalves Dias e de Flávio Dino. O tempo fechou para a esquerda em Brasília, que diante das imagens apresentadas, pôs fim ao discurso contra a direita além de revelar hábitos  nada republicanos para acobertar as imagens que comprovam que tudo não passou de uma armação.

    Está na Bíblia: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Pelo bem do Brasil, que venham a CPMI e o impeachment de Lula!

     

     

     

     

     

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img