GRAÇAS AO ZÉLIO, GOVERNADOR TERÁ QUE PEDIR DESCULPA DE NOVO AOS USUÁRIOS DO DETRAN-DF

0
354

 

Em 19 de fevereiro de 2020, o governador Ibaneis Rocha, em total desrespeito aos servidores do DETRAN-DF, teve a péssima atitude de nomear para Diretor-Geral do órgão o Procurador Zélio Maia, que desde então, além de destratar, afastou todos os servidores do Órgão que exerciam cargos de diretoria. Absurdo total! 

Na oportunidade, o governador afirmou que o BRB iria, em 60 dias assumir os postos de atendimento do Órgão, e através da imprensa, chegou a pedir desculpas à população pelas longas filas no órgão.  

Ocorre, que após 120 dias da gestão de Zélio Maia, nada foi feito em relação ao atendimento do DETRAN-DF. O atual diretor se vangloria afirmando que resolveu o problema  do atendimento, contudo, isto não condiz com a realidade do órgão. 

 Com a pandemia, os postos do DETRAN foram fechados ao público, e nada foi implementado de tecnologia e nem o BRB fez qualquer projeto para assumir o atendimento. Os serviços on line disponibilizados não atendem, os agendamentos de vistorias em veículos e transferências estão praticamente paralisados. 

Tentem marcar uma vistoria no site do DETRAN e terão a triste previsão de 30 a 40 dias; claro, depois de pagar as taxas. O pagamento sempre em primeiro lugar, só após o usuário vai brigar par ser atendido. 

Temos que lembrar que DETRAN possui um quadro de funcionários (analistas, assistentes, técnicos) capacitados para os serviços; ademais, em sua campanha, Ibaneis disse que “compreendia e que apoiaria os servidores públicos”,  mas ao contrário, o governador preferiu nomear um Procurador/Advogado que nada entende de trânsito, mas que gosta mesmo é de celebrar suspeitos contratos emergenciais.

Para dificultar ainda mais o atendimento no Órgão, o Diretor-Geral, como seu primeiro ato, determinou o cancelamento do projeto “DETRAN NAS CIDADES”, que consistia em disponibilizar um ônibus para visitar todas as cidades satélites, com servidores capacitados para fazer o atendimento da população. Estava sendo um sucesso. O Projeto atendeu 14 mil usuários e percorreu 22 cidades no DF. 

Zélio cancelou o projeto afirmando que se tratava de atividade eleitoreira, pois atendia apenas aos administradores regionais. Absurdo!

Se a pandemia acabasse hoje e o DETRAN reabrisse as portas, o governador teria que pedir mais desculpas ao povo do Distrito Federal, pois nada mudou, e o tempo de espera certamente triplicou para atendimento. 

Governador,  respeite os servidores do DETRAN-DF e se dê ao trabalho de conhecer os servidores da Autarquia, e verá que são capazes de fazer um DETRAN melhor, sem a intervenção de burocratas como Zélio Prepotente Maia. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui