Segundo pesquisa, Arruda consolida frente

1
6

 

Ex-governador aparece com 34% das intenções de voto. Agnelo e Rollemberg empatam tecnicamente
Da Redação
redacao@jornaldebrasilia.com.br
O ex-governador José Roberto Arruda (PR) permanece à frente nas intenções de voto para o Governo do Distrito Federal, com 34%, segundo a pesquisa Datafolha divulgada ontem. Empatados tecnicamente, em seguida estão Agnelo Queiroz (PT), com 19%, e Rodrigo Rollemberg (PSB), com 13%, se considerada a margem de erro que é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos.

Com o resultado da pesquisa estimulada, em que os candidatos são apresentados ao eleitor, Arruda está perto de ganhar a eleição em primeiro turno, já que os concorrentes, somados, têm 39%.

Também empatados, aparecem Toninho (PSOL), com 4%, e o deputado federal Luiz Pitiman (PSDB), com 3%. Perci Marrara (PCO) não foi citada no levantamento. Brancos e nulos somam 11% e os que se declararam indecisos, 16%.

Rejeição

O governador Agnelo é o campeão em rejeição: 41% dos entrevistados disseram que não votará nele de jeito nenhum. Em seguida, aparece Arruda, com 28%; Toninho, com 12%; Pitiman, com 8%; Rollemberg, com 6%; e Perci, com 6%. Na pesquisa, 5% disseram rejeitar todos os candidatos e 3% declararam que não rejeitam nenhum. Os outros 13% não souberam responder.

O Datafolha ouviu 722 eleitores entre terça e quarta-feira. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo DF-00037/2014. O nível de confiança é de 95%.

Pesquisa estimulada

Na pesquisa espontânea, em que os entrevistadores perguntam apenas em qual candidato o eleitor votará, sem apresentar uma lista, 29% mencionaram Arruda, enquanto 16% disseram que votarão em Agnelo; 9% disseram que escolherão Rollemberg; 2% optaram por Toninho e outros 2% mencionaram o nome de Luiz Pitiman.

Nesta fase do levantamento, 8% declararam que votarão branco ou nulo, enquanto 32% não souberam responder.

Em comparação com o levantamento anterior do Instituto Datafolha, divulgado em 15 de agosto, Arruda caiu um ponto percentual, enquanto Agnelo e Rollemberg mantiveram o mesmo número de pontos.

Toninho recuou três pontos percentuais e Pitiman, um. Perci Marrara foi citada na pesquisa anterior, mas não atingiu 1%. O número de brancos e nulos também era maior – 12% – e os que não souberam responder somavam 10%.

Senado

A pesquisa mostrou ainda as intenções de voto para o Senado. Geraldo Magela (PT) caiu nove pontos e agora aparece com 13%, empatado tecnicamente com Gim Argello (PTB), que tem agora 10%.

O deputado José Antônio Reguffe (PDT) permanece na frente, com 34%. Ele cresceu cinco pontos em relação ao levantamento anterior.

Esperança na justiça

O levantamento do Instituto Datafolha mostra que a população está confiante na vitória de Arruda na Justiça Eleitoral. Ele luta, em várias frentes, para conseguir registrar sua candidatura ao GDF.

Arruda já disse aos apoiadores que, com trabalho de convencimento dos eleitores indecisos, pode conseguir vencer em primeiro turno. E é factível, tendo em vista que, segundo a pesquisa, faltam apenas cinco pontos percentuais.

arrudanafrente

 

Fonte:  Jornal de Brasília

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui