Alunos do Programa Brasília sem Fronteiras visitam o Capitólio

0
13

brasileEUA

No Congresso americano, participantes assistiram a uma palestra do ex-senador William Hudnut, que falou sobre política e história norte americanas

 

– Em Washington D.C., os 126 alunos participantes do Programa Brasília sem Fronteiras fizeram, nesta sexta-feira (1), uma visita de campo ao Capitólio (Congresso Nacional Americano). O grupo foi recebido pelo ex-senador William Hudnut, que falou sobre política e história norte americanas, além de uma aula sobre os monumentos locais.

 

O Capitólio é o prédio que serve como centro legislativo do governo dos EUA, formado pelo Senado (câmara alta) e pela Câmara dos Representantes (câmara baixa).  Capitólio fica localizado no bairro Capitol Hill em Washington, D.C. e é um dos extremos do National Mall.

 

Licoln Memorial – Na manhã de quinta-feira (31), os estudantes visitaram o Licoln Memorial, monumento construído em homenagem ao 16º presidente estadunidense Abraham Lincoln.

“Acabei de ter uma aula de história com o veterano de guerra Frank Biagi. Estou muito emocionada porque ele contou várias histórias que ele viveu, envolvendo situações que estou estudando na escola. Conhecer pessoalmente um veterano, que realmente viveu aquilo tudo, foi uma experiência que vou levar para toda a vida”, conta, emocionada, a estudante Sara Saadi.

O monumento, que foi concluído em 1922, está aberto para visitação pública 24 horas por dia e recebe cerca de 6 milhões de visitantes ao ano.

 

Ampliação do Programa – Ainda na quinta-feira, o comitê gestor do Programa Brasília sem Fronteiras reuniu-se com o PhD brasileiro Dr. Eliseu de Oliveira, na Georgetown University Medical Center, em Washington D.C. Ele gerencia projetos de pesquisa do Drug Discovery Program, que desenvolveu importantes projetos como o antialérgico Allegra e a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV).

Na pauta da reunião, foram abordados assuntos como pesquisa científica, integração com o FAP-DF e ampliação do programa Brasília Sem Fronteiras para a área de biomedicina e biotecnologia.

O comitê gestor do Programa que está em Washington D.C. é formado pelo secretário-chefe da Assessoria Internacional, Odilon Frazão; secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Glauco Rojas; secretário de Educação, Marcelo Aguiar; e o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), Alexandre Gouveia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui