Brasiliense morre afogado em praia de Pernambuco

0
85

Morte do voluntário Rômulo Santos Rodrigues comoveu o grupo Doutores do Riso, que leva alegria a pacientes em tratamento contra o câncer

REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

 

Um turista brasiliense de 42 anos morreu, no último sábado (07/03), enquanto brincava com o filho, de 9 anos, na Praia de Tamandaré, em Pernambuco. Rômulo Santos Rodrigues Alves (foto em destaque) sofreu tramatismo craniano e se afogou após bater a cabeça em banco de areia durante mergulho.

O corpo do rapaz deve chegar ao Distrito Federal nesta terça-feira (10/03). A morte trágica do brasiliense comoveu o grupo de voluntários do qual fazia parte havia 19 anos. Rômulo atuava como palhaço do Doutores do Riso e também na Abrace.

Vestido de palhaço, Rômulo levava alegria e diversão para pacientes em tratamento de quimioterapia internados nos hospitais do DF. Segundo a presidente da Abrace, Maria Ângela Marini, o rapaz sempre mostrou muita dedicação ao trabalho.

“Levava aos pacientes a leveza do riso, da alegria que o palhaço tem. Caracterizados com o jaleco de médico e fantasiados de palhaço, trabalhavam com uma base de conhecimento psicológico que misturava brincadeira e uma mensagem de otimismo aos pacientes”, explicou.

Um dia após o episódio, o grupo Doutores do Riso publicou nas redes sociais mensagem de despedida ao voluntário.

“A Abrace é muito agradecida ao dedicado voluntário Rômulo pelo seu papel Solidário e inesquecível como Dr. Ultra, e se solidariza com a família neste momento difícil. Nos despedimos lembrando uma frase que ele próprio propagava. A magia da vida consiste em você derramar amor por onde passar e acrescentar gestos de carinho a todos que cruzarem o seu caminho. Descanse em Paz, Dr.Ultra”, diz a postagem.

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui