CÂMARA DO DF IRÁ ADOTAR CONSTITUIÇÃO NA SUCESSÃO DE ARRUDA, DIZ CABO PATRÍCIO

1
10

Haverá eleição indireta pelo Legislativo distrital no prazo de 30 dias. Governador do DF foi cassado por infidelidade e deve recorrer na segunda.

De Robson Bonin, do G1:

Câmara Legislativa do Distrito Federal irá adotar as regras da Constituição Federal no processo de escolha do novo governador, deflagrado com a cassação do mandato do então governador afastado, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), por infidelidade partidária. Haverá eleição indireta pelo Legislativo para o cargo distrital no prazo de 30 dias.

Na tarde desta sexta-feira (19), durante reunião com o presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF), desembargador João de Assis Mariosi, integrantes da Mesa Diretora do Legislativo apresentaram parecer elaborado pela assessoria da Casa no qual a possibilidade de adoção da Constituição é referendada.

“Nós já tínhamos um parecer da Procuradoria da Câmara, que prevê, independentemente da aprovação de uma proposta de emenda a lei orgânica, que nós vamos seguir a Constituição Federal. Foi dito pelo presidente do tribunal que isso é importante para se adequar o processo à legislação eleitoral e à federal”, afirmou presidente interino da Câmara, Cabo Patrício (PT).

Leia mais em: Câmara do DF irá adotar Constituição na sucessão de Arruda, diz Cabo Patrício

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui