POLÍCIA CIVIL DO DF PRENDE PORTADOR DE SUPOSTA PROPINA PARA SECRETÁRIO DE JUSTIÇA

4
28

Deu na coluna do jornalista Cláudio Humberto:   A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu em flagrante um homem que tinha em seu poder a importância de R$ 104 mil, e esse dinheiro seria destinado a Flávio Lemos, secretário de Cidadania e Justiça do governo do Distrito Federal. O caso vinha sendo mantido sob sigilo.

O homem que foi preso, Identificado por Gilson, é funcionário de uma empresa que presta serviços ao Ciago (Centro de Internação de Adolescentes Granja das Oliveiras), órgão ligado à Secretaria de Justiça e Cidadania. Essa empresa, cujo nome ainda não foi divulgado, pagaria propina mensal de R$ 150 mil, segundo os investigadores apuraram preliminarmente.

Foi uma ação da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança do DF, após receber telefonema anônimo indicando a hora e o carro utilizado pelo suspeito para chegar ao “Buritinga”, sede provisória do governo do DF, localizada em Taguatinga. De fato, utilizando o carro indicado e na hora prevista, o suspeito parou no estacionamento e, ao revistar o veículo, os policiais localizaram a quantia em dinheiro no local em que havia sido escondido, exatamente como descrevera o informante anônimo. O telefonema informou também que o secretário Flávio Lemos seria o destinatário do dinheiro. Ele negou a acusação, em conversa com o governador interino Wilson Lima, mas ainda assim será exonerado do cargo na próxima segunda-feira.

O homem detido prestou depoimento à Divisão de Combate ao Crime Organizado e depois foi liderado, mas o dinheiro permaneceu apreendido. Lemos é considerado “cria” política do ex-governador Joaquim Roriz (PSC) e foi nomeado para o cargo atual após o pedido de demissão do deputado distrital Alírio Neto (PPS) logo após estourar o escândalo da Operação Caixa de Pandora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui