Candidatos, Agnelo e Rollemberg rebatem críticas de Luiz Pitiman

0
11

Roberto Policarpo e o candidato do PSB ao GDF afirmam que o concorrente do PSDB tenta se tornar mais conhecido da população. Ontem, somente três postulantes foram às ruas para a campanha, enquanto o restante fez reuniões internas

Manoela Alcântara

A entrevista com Luiz Pitiman, candidato ao Palácio do Buriti pelo PSDB, publicada na edição de ontem do Correio, repercutiu entre os outros concorrentes. Entre as 25 perguntas que respondeu, ele falou sobre o desafio de se tornar conhecido até o pleito de outubro, contou um pouco da trajetória e destinou algumas declarações para alfinetar o atual governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), e o senador Rodrigo Rollemberg (PSDB). No entanto, poupou críticas a José Roberto Arruda (PR).

Um dos mais criticados por Pitiman foi Rodrigo Rollemberg. O tucano afirmou que, em em 25 anos de trajetória política, o senador não teria realizado nenhum ato expressivo. O socialista replicou: “O Pitiman tem pouco tempo de Brasília e não conhece a cidade. Talvez seja por isso que não saiba da minha atuação aqui”. Como defesa, Rollemberg citou algumas ações nos cargos em que ocupou. “Fui um dos grandes combatentes de grilagem de terras públicas no DF; criei a lei do corujão, o ônibus da madrugada; coordenei a primeira Olimpíada Brasileira de Matemática das escolas públicas; e consegui recursos para trazer a Embrapa Agroenergia para Brasília”, enumerou.

Leia mais notícias em Cidades

Agnelo Queiroz preferiu não comentar pessoalmente a entrevista, durante visita à Feira do Guará, na manhã de ontem. Coube ao presidente do Partido dos Trabalhadores do DF, Roberto Policarpo, rebater as críticas do tucano. “Ele diz (na entrevista) que preferiu sair da Secretaria de Obras (do atual governo petista), mas não foi bem assim. Na verdade, Pitiman foi quase retirado de lá”, afirmou Policarpo, que ainda ironizou o candidato. “Ele mesmo sabe que é um desconhecido”, concluiu.

 

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui