CGU IDENTIFICA IRREGULARIDADES EM EMPRESAS ENVOLVIDAS NO DEMSALÃO

0
10

CGU identifica irregularidades
em
empresas envolvidas no DEMsalão

Elza Fiúza/ABr
Foto
MINISTRO DA CONTROLADORIA GERAL, JORGE HAGE

O ministro da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, anunciou nesta segunda (5) que seis empresas citadas no inquérito da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, tiveram aumento de repasse de 350% de verbas federais entre 2008 e 2009. A operação, que investiga um esquema de corrupção envolvendo o governo do Distrito Federal, investiga o repasse de propina a seis empresas: Adler, Empresa G6, Info Educaional, Instituto Sangari, Juiz de Fora, Linknet e UniRepro. A análise é resultado da primeira parte da auditoria da CGU sobre os repasses do governo federal ao DF.

Fonte: claudiohumberto.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui