Com desempenho histórico, FGV lidera ranking do IGC do MEC

0
47

FGV conseguiu nota máxima no IGC em todas as suas escolas do Rio e de SP
A Fundação Getulio Vargas (FGV) conquistou, simultaneamente, pela primeira vez na história do Índice Geral de Cursos (IGC), a nota 5 (cinco) − o grau máximo − em todos os cursos avaliados em suas escolas: FGV EPGE, FGV CPDOC, FGV EESP, FGV EAESP, FGV EBAPE, FGV Direito Rio, FGV Direito SP e FGV EMAp. Divulgados hoje, os dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) são referentes a 2018.

Esse patamar é restrito a um grupo seleto de instituições. Em todo o Brasil, apenas 2% entre os 2.052 cursos que receberam o conceito do IGC alcançaram a nota máxima. Tal desempenho garantiu à FGV as três primeiras posições no ranking nacional do IGC, ocupados respectivamente pela FGV EPGE, FGV CPDOC e FGV EESP.

Pró-reitor da FGV, Antonio Freitas comemora os resultados, explicando que a instituição desenvolve uma rotina de constante busca pela excelência acadêmica. O professor ressalta o envolvimento do qualificado corpo docente em pesquisas acadêmicas − que envolvem alunos de doutorado, mestrado e graduação − é um fator preponderante para a conquista da nota máxima em todas as suas escolas.

“Esforçamo-nos diariamente para que a FGV tenha um ambiente propício para a aprendizagem. Temos um entusiasmo criador presente em nossos alunos, professores e funcionários, que buscam fazer sempre seu melhor. Com esse resultado, retornamos para a sociedade a qualidade acadêmica em nossos levantamentos e pesquisas de ponta. Apesar de difícil, mostramos que é possível obter nota máxima do MEC”, acrescenta o pró-reitor da FGV.

Criada em dezembro de 1944, a FGV é uma das principais referências de excelência em ensino e pesquisa e uma das melhores instituições que produzem conhecimento de ponta no Brasil e no mundo. A Fundação Getulio Vargas é o 6º melhor think tank do mundo, de acordo com o 2018 Global Go To Think Tanks Index, divulgado pela University of Pennsylvania.

Com unidades próprias de ensino no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, a FGV dispõe, em São Paulo, dos cursos de graduação em Administração, Economia, Relações Internacionais e Direito. No Rio, oferece cursos de Economia, Administração, Direito, Ciências Sociais e Matemática Aplicada. Em 2020, iniciará a graduação em Ciência de Dados, o mais novo curso da instituição, no Rio de Janeiro.

A FGV tem mais de 25 cursos de pós-graduação stricto sensu ( mestrado e doutorado) , todos com alta avaliação acadêmica, em diversas áreas, tais como: agronegócios, economia, gestão e políticas públicas, administração de empresas, administração pública e governo, gestão internacional, gestão para competitividade, Direito, História Política e Bens Culturais e Modelagem Matemática. A instituição também oferece cursos de pós-graduação lato sensu (MBAs), desenvolvidos pelos professores e pesquisadores das escolas e ministrados em diferentes cidades, visando o desenvolvimento socioeconômico do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui