Depois de Agnelo e Rollemberg, adversários planejam anunciar candidatura

1
6

PSDB organiza ato público em 15 dias para sacramentar nome de Pitiman na corrida ao Palácio do Buriti

Helena Mader
toninho do psol4

PSol fará convenção em 14 de junho para confirmar Toninho como candidato ao GDF

A campanha eleitoral só começa oficialmente em julho, mas, como alguns candidatos apressaram o ritmo das negociações, os rivais ficaram sob pressão para fechar a composição majoritária. Os eventos políticos do fim de semana devem apressar os outros concorrentes ao Palácio do Buriti a finalizarem a montagem das chapas para dar início à corrida eleitoral. No último sábado, o PT realizou encontro regional, durante o qual a legenda definiu o nome do deputado federal Geraldo Magela como concorrente ao Senado e ratificou a candidatura à reeleição do governador Agnelo Queiroz (PT). No mesmo dia, o PSB apresentou Rollemberg como candidato ao governo, durante um encontro com a Rede Sustentabilidade, ao lado de José Antônio Reguffe (PDT), na disputa ao Senado.

Leia mais notícias em Cidades

Pré-candidato do PSDB, o deputado federal Luiz Pitiman explica que o partido fará um grande evento público daqui a 15 dias. Até lá, os tucanos vão preparar as diretrizes do programa de governo que serão apresentadas na ocasião. Enquanto isso, o partido continua na negociação com outras legendas, especialmente com o PPS e com o DEM. Hoje à tarde, o Solidariedade vai oficializar o apoio ao PSDB nacional. A expectativa dos tucanos do DF é que a aliança se repita no DF. “Estamos trabalhando muito mas, antes de 29 de junho, nada estará totalmente definido. Ainda há tempo para negociar e aguardar também as definições nacionais”, comenta Pitiman. O partido lança hoje o programa PSDB nas cidades em Ceilândia. Dois ônibus vão percorrer a região, e tucanos vão ouvir as reivindicações da população.

Campanha de Arruda articula com partidos uma coligação contra a reeleição de Agnelo

Aliados de José Roberto Arruda (PR) ainda não têm previsão de data para lançamento público da campanha do ex-governador. Mas a expectativa é de que a confirmação pública ocorra só no mês que vem, em meio às convenções. Até agora, Arruda já fechou o nome da deputada distrital Liliane Roriz (PRTB) como candidata a vice-governadora e ainda negocia a vaga ao Senado na coligação. “Sonho em atrair para o nosso projeto todos os partidos que estão contra o governo do PT”, comentou Liliane.

Pitiman negocia ampliação da chapa para o GDF e Senado, especialmente com PPS e DEM
A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

 

 

 

 

Fonte: CORREIO BRAZILIENSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui