Eduardo Campos rompe com o PT e faz aliança com o PLC

0
18
Eduardo Campos, Rollemberg e Osésa Rodrigues. Juntos para as eleições de 2014.
Eduardo Campos, Rollemberg e Osésa Rodrigues. Juntos para as eleições de 2014.

Nesta quarta (18) depois de anunciar o rompimento com o PT, o governador de Pernambuco,  Eduardo Campos,  recebeu na sede do PSB em Brasília a liderança do PLC (Partido Liberal Cristão) e formalizou aliança com vistas às eleições de 2014.

Os líderes estaduais e a direção nacional do PLC motivaram Eduardo Campos a ser candidato a Presidente da República nas próximas eleições.
Ficou aliançado que os candidatos do PLC terão legenda no PSB para as eleições de 2014 e após obter o registro, todos os candidatos do PLC eleitos pelo PSB poderão migrar de volta ao PLC sem embaraço ou ações junto aos TREs ou TSE.
Tendo como base o seguimento evangélico, os pastores que compõem o PLC declararam apoio à candidatura de Eduardo Campos para presidente do Brasil e do senador  Rodrigo Rollemberg para governador do Distrito Federal.
Pastores membros do PLC são recebidos pelo PSB em Brasília
Pastores membros do PLC são recebidos pelo PSB em Brasília. Caminharão juntos em  2014

No final da reunião, Eduardo Campos abonou as fichas de filiação do pastor Osésa Rodrigues,  presidente nacional do PLC,  de Manoel Santos ( Presidente Estadual do PLC/MG), Pr. Neilton de Oliveira (Presidente Estadual do PLC/PE)  e Dr. Agnello – PLC/DF.

Fonte: Assessoria de imprensa do PLC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui