Extensão do BRT até Luziânia está perto de se tornar realidade

0
9

senador gim argelo - entrevista - Data: 10.10.2013 Foto: Oswaldo Reis

Soraya Sobreira
soraia.sobreira@jornaldebrasilia.com.br

Mais de 150 mil pessoas da Região Metropolitana de Brasília vão ser beneficiadas diariamente  pela extensão do BRT (Bus Rapid Transit) Entorno Sul. Essa é a estimativa do número de usuários do sistema, que complementará o  Expresso DF até Luziânia, facilitando o acesso até a área central de Brasília. A extensão do BRT alcançará, consequentemente, também os moradores das cidades goianas de Novo Gama, Pedregal, Céu Azul, Valparaíso e Cidade Ocidental. O novo sistema de transporte já está sendo construído em Santa Maria e Gama e promete atender a uma demanda de 200 mil pessoas.

 

“De Luziânia para Brasília haverá uma grande redução de tempo”, prevê o senador Gim Argello (PTB-DF)  (foto) e líder do bloco parlamentar União e Força, destacando o conforto para a população.  Com o fluxo intenso de veículos em horários de pico, um usuário do transporte coletivo tem levado até três horas para percorrer o trecho. Para Gim, o transporte público atual não dá segurança, nem  dignidade aos usuários, além de ser disponibilizado com atrasos.

 

Tempo perdido

 

Esta é a realidade vivida pela massoterapeuta Edileuza da Silva Pereira, de 48 anos. Ela acorda às 3h30 para estar no trabalho, na Asa Norte, às 6h30. “Perco cerca de cinco horas por dia no ônibus, quando poderia utilizar este tempo para fazer um curso ou uma faculdade”, reclama.

 

Como a obra já estava acontecendo no Distrito Federal, o senador Gim Argello propôs a extensão já que a maior parte da população da Região Metropolitana se desloca para a capital diariamente para trabalhar ou para ir em busca de melhores serviços públicos. Excluí-los, na opinião dele, seria como se criasse uma barreira social entre as cidades vizinhas.

 

“A população que faz parte da Região Integrada de Desenvolvimento do DF (Ride) não poderia ficar excluída desse facilitador”, defende Gim.

 

Recursos para a obra estão garantidos

 

Outro fator justificado à extensão do Expresso DF é em relação a grande parte dos  moradores da Região Metropolitana serem oriundos do DF. “Muitos se mudaram com o advento do Minha Casa, Minha Vida. A verdade é que morar em Brasília ficou muito caro”, avalia o senador Gim Argello.

 

O projeto de extensão até Luziânia está sendo orçado em  um total de RS 950 milhões. O recurso faz parte do Pacto da Mobilidade, do Governo Federal, no valor de R$ 1,8 bilhão,  destinado ao estado de Goiás.

 

Prazos

 

A previsão é que em março de 2014 terão início as obras da extensão de Luziânia. “Basta a aprovação do projeto pela Miriam Bechior, do Ministério do Planejamento”, diz.

 

Gim Argello contabiliza que mais de um milhão de pessoas serão beneficiadas com o Expresso DF e Entorno: “Quem me chamou a atenção para propor a extensão do BRT foi uma moradora do Goiás, que me parou e reclamou da desvantagem”. O senador promete ainda apresentar a proposta de extensão do sistema de Ceilândia até Águas Lindas, o Entorno Noroeste.

 

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui