FUNCIONÁRIOS DE ESCOLA EM CEILÂNDIA PEDEM SOCORRO

5
6

Salas sem portas, banheiros sem torneiras e sem descargas, cardápio com lacunas, rede elétrica insuficiente, professores sendo ameaçados por alunos, direção comprando com o próprio dinheiro complementos para a merenda. Esse é o atual cenário do Centro de Ensino Fundamental 28, do Condomínio Sol Nascente, na Ceilândia.

O presidente da Comissão de Educação e Saúde da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Washington Mesquita (PSDB), esteve na escola hoje (31) e viu de perto a difícil realidade dos alunos e funcionários do local. A visita faz parte da lista de escolas públicas estão abandonadas. O deputado discursou em plenário e cobrou, mais uma vez, explicações da Secretaria de Educação.

“É inacreditável ver a realidade das escolas públicas e saber que a Secretária de Educação, Regina Vinhaes, não tem feito nada para melhorar. As coisas pioram a cada dia e não vemos nenhuma ação concreta. Precisamos de alguém que trabalhe e lute para mudar essa situação”, relata o deputado.

O CEF 28 tem apenas um ano e oito meses de funcionamento e atende cerca de 1400 alunos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui