Governo Bolsonaro suspendeu multa milionária a consórcio de ex de Wassef

0
48

No dia 15 de março do ano passado, o governo suspendeu uma multa de R$ 27 milhões aplicada ao Consórcio MG21, integrado pela Globalweb Outsourcing e pela Maisdoisx Tecnologia. A primeira companhia tem como sócia a empresária Cristina Boner Leo, ex-mulher de Frederick Wassef, advogado ligado à família Bolsonaro. A segunda tem como sócia uma filha da ex de Wassef, Bruna Boner Leo Silva, que também é administradora da empresa da mãe.

As informações foram divulgadas pelo jornal O Globo e confirmadas por O Antagonista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui