Justiça mantém medida protetiva em favor de Vanusa Lopes, ex-esposa do deputado Hermeto

0
444

“Uma enxurrada de notícias falsas informando nas redes sociais que a medida protetiva foi derrubada. Não foi!”. Assim Vanusa Hermeto reagiu.

“A decisão foi remodelada porque ele queria me impedir de andar no prédio da Câmara Legislativa do DF. Então o juiz determinou que posso ir em qualquer lugar, mas ele não pode se aproximar, manter contato e tem que manter 100 metros de distância de mim. Esse homem (Hermeto) virou um fanfarrão”, afirmou.

Em nome da verdade dos fatos, Vanusa divulgou a seguinte Nota de Esclarecimento. Confira:

Primeiramente cumpre esclarecer que NÃO é verdade que o Tribunal de Justiça do Distrito Federal “derrubou” a medida protetiva deferida em favor da senhora Vanusa Hermeto. 

Em respeito a todas mulheres vítimas de ofensores venho a público esclarecer o que se segue.

FOI DEFERIDA A MEDIDA PROTETIVA EM FAVOR DA SENHORA VANUSA HERMETO – PROIBINDO O DEPUTADO HERMETO DE FRENQUENTAR E SE APROXIMAR DA RESIDÊNCIA DA MESMA, A UMA DISTÂNCIA de 100 metros.

  Por arremate, está mantida a medida protetiva em favor da senhora Vanusa Hermeto na seguinte forma: 

  1. Fica proibido o Deputado Hermeto de manter contato com a senhora Vanusa Hermeto. 
  1. Ficando o ofensor alertado pelo Tribunal de Justiça que o descumprimento das medidas protetivas poderá ensejar o decreto de sua PRISÃO. 
  1. Além de configurar o crime previsto no artigo 24-A, da Lei Maria da Penha.  

Em nome da verdade, informo  que sou uma pessoa notória na qualidade de Advogada, Servidora Pública, Conselheira Tutelar, que  aderiu à bandeira em defesa das mulheres vítimas de FEMINICÍDIO no Distrito Federal. Portanto, tendente a frequentar a Câmara dos Deputados Distritais com intuito de buscar apoio para as vítimas dos ofensores que cotidianamente vem matando mulheres no Distrito Federal. 

Lamento que tais leviandades construídas em meu desfavor atentem contra os pilares firmes do Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Certo de sua imparcialidade, e em nome da verdade, desde já agradeço o espaço.

Vanusa Lopes Ferreira Hermeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui