NICE LOBÃO

0
4
Política

Deputados faltaram a uma em cada 5 sessões

 

Nice Lobão, mulher do ministro de Minas e Energia, é a mais faltosa, tendo ido a menos da metade das reuniões deliberativas

Fábio Fabrini, O Globo

Os deputados da atual legislatura, iniciada em 2007, faltaram, em média, a uma em cada cinco sessões deliberativas (com votações) na Câmara. O balanço da frequência em quatro anos revela que a bancada dos gazeteiros é a maior e mais apartidária da Casa.

A deputada Nice Lobão (PMDB-MA), mulher do ministro Edison Lobão (Minas e Energia), lidera o ranking dos que não apareceram para as atividades no plenário, tendo comparecido a menos da metade das reuniões. Foram 422 no período, mas ela só foi a 182.

Atrás dela, figuram os deputados Vadão Gomes (PP-SP), com 199 faltas; Ciro Gomes (PSB-CE), com 188; Marina Maggessi (PPS-RJ), com 180; Marcos Antônio (PRB-PE), com 175; e Miguel Martini (PHS-MG), com 169. Os dados constam do site da Câmara e foram consolidados pelo GLOBO, que considerou todos os parlamentares que exerceram mandatos por pelo menos 400 dos 422 dias com sessões deliberativas.

A lista dos 20 mais faltosos inclui expoentes do governo e da oposição, como o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), com 154 faltas; o ex-líder do PSDB e atual secretário de Energia do governo de São Paulo, José Aníbal (PSDB), com 147; o ministro das Cidades, Mário Negromonte (PP-BA), com 140; e o ex-governador Paulo Maluf (PP-SP), com 137.

Leia mais em O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui