Novacap abre concorrência para construção do Complexo Cultural de Planaltina

0
9

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) abriu hoje, por meio de publicação em diário oficial, a concorrência para a construção do Complexo Cultural de Planaltina. A proposta é uma das mais importantes bandeiras da atuação parlamentar do deputado Cláudio Abrantes, que é o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura do Distrito Federal e defensor dos valores artísticos e tradições culturais planaltinenses.

Devido ao empenho e compromisso de Cláudio Abrantes com o complexo cultural, o governador Agnelo Queiroz e o vice-governador Tadeu Filippelli tinham garantido que o complexo seria construído este ano, durante o Programa GDF Junto de Você, realizado em Planaltina, em 2013.

Conforme a autorização publicada hoje em edital (018/2014), a obra foi calculada em R$ 3,8 milhões. O prazo para a execução foi previsto em 180 dias corridos, portanto seis meses.

“É o primeiro passo rumo a termos o Complexo, mas que põe fim a toda uma série de medidas e responde a tantas expectativas. O bom é pensar na geração de emprego e renda que as obras vão propiciar e quando estiver pronta a Casa de Cultura o significado que terá para a classe artística e toda a sociedade planaltinense”, comentou o distrital.

O Complexo Cultural é uma das bandeiras do deputado Cláudio Abrantes desde 2009. Desde então, o parlamentar vem fazendo gestões perante o Governo do Distrito Federal para demonstrar a importância da Casa de Cultura para a cidade de Planaltina.

Além de atuar politicamente em prol do complexo, Cláudio Abrantes também liberou recursos via emendas parlamentares ao orçamento para viabilizar a futura obra.

Sozinho, Claudio Abrantes viabilizou R$ 1,8 milhão para a construção do complexo, quase a metade do total necessário. Parte do valor foi alocado por meio de projeto de lei (nº 1920/2014), R$ 1,5 milhão de reais. O restante via emenda parlamentar ao orçamento, no montante de R$ 300 mil.

Os demais valores vieram de créditos especiais liberados pelo GDF, no montante de R$ 1,5 milhão e de outras emenda de iniciativa da deputada Arlete Sampaio. A distrital destinou R$ 500 mil para completar os recursos necessários.

Fonte: Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui