Operação Regin A arma que condenou Fraga

0
10

A 1ª Vara Criminal determina que o presidente regional do DEM cumpra quatro anos de reclusão, em regime aberto, por porte ilegal de uma pistola e munições de uso restrito. Ex-deputado considera decisão abusiva e promete recorrer

Operação Regin: em 2011, policiais civis recolheram documentos que estavam de posse de ex-diretores da Secretaria de Transportes

Contrário à Campanha do Desarmamento em 2005, quando a população votou referendo sobre o assunto, o ex-deputado federal Alberto Fraga, presidente regional do DEM no Distrito Federal, foi condenado a quatro anos de reclusão, em regime aberto, e ao pagamento de R$ 25.500 pelo porte ilegal de arma e munições de uso restrito. A decisão é do juiz Almir Andrade de Freitas, da 1ª Vara Criminal de Brasília.
O material sem registro foi encontrado em um flat do Setor Hoteleiro Norte, durante operação policial em outubro de 2011. O imóvel tinha sido comprado pelo coronel aposentado da Polícia Militar do DF e transferido para o nome de terceiros, mas investigações apontaram que o apartamento era utilizado pessoalmente por Fraga. Procurado pelo Correio, o político considerou a decisão abusiva e garantiu que vai recorrer. Como ainda cabe recurso a uma instância superior, ele não está inelegível. Leia mais

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui