PTN-DF entra com ação civil pública contra granja em Santa Maria

0
11

 

Brasília, 10 de março de 2014 – O Partido Trabalhista Nacional do Distrito Federal (PTN-DF) impetrou na última sexta-feira (7/3) uma ação civil pública contra a Granja São José em Santa Maria tendo em vista que a granja tem causado mal-estar à população circunvizinha e prejudicado o meio ambiente. Além do desconforto causado à população, a dispensação dos dejetos da granja é feita de forma inadequada. Segundo as leis ambientais, produções como esta deveriam funcionar em área rural. A ação propõe a mudança da granja para um local adequado, entre outras providências.

 

A granja funciona nas proximidades da cidade, do fórum, do restaurante comunitário, de uma praça pública, do comércio local, da Polícia Militar e de sedes da administração pública. As condições inadequadas de funcionamento da granja, assim como o desconforto que ela causa à população já foi anteriormente divulgado pela imprensa, teve fiscalização também da Secretaria do Meio Ambiente, porém, nenhuma providência concreta foi tomada na solução do caso. Após tanto descaso, os moradores da cidade satélite fizeram um abaixo assinado e buscaram a ajuda do PTN-DF.

 

delmasso2Só de passar em frente à granja já dá para sentir um mau cheiro insuportável. Para população moradora então, viver em meio a estas condições tem sido uma humilhação. “A produção desta granja causa muito mau cheiro e tem prejudicando a qualidade de vida dos moradores. Ouvimos relatos de famílias em que as crianças não vão à escola, pois acordam com náuseas de manhã. Os moradores não podem nem ao menos receber visitas de familiares e amigos, pois tem vergonha de outras pessoas verem as condições precárias em que vivem”, afirma o presidente do PTN-DF, Rodrigo Delmasso.

 

Se condenada a Granja São José deverá arcar com todas as custas desta ação, pagar multa equivalente a R$ 100.000, reparar os danos causados ao meio ambiente, mudar-se pra uma área rural, dentre outras penalidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui