RECADO DADO

3
6

 

A deputada distrital Celina Leão (PMN) tem demonstrado preocupação com a possível interferência do Executivo nas decisões da Câmara Legislativa do DF. A parlamentar vem brigando pela independência dos poderes e marcando posição quanto ao seu papel oposicionista em relação ao governo de Agnelo Queiroz (PT).

 

“Espero que o governo não venha para a Câmara no dia da votação para eleger presidentes e membros das comissões, seria constrangedor”, disparou. A alfinetada da parlamentar no Executivo se deu devido às constantes especulações da imprensa em relação às comissões da Casa, “se estariam ou não de acordo com a vontade do governo”.

 

Segundo Celina, o Executivo não deve se meter, nem articular para ter nas comissões apenas “os amigos da base”. “Isso é assunto do Legislativo. Se der tudo vermelho, parabéns, faz parte do processo, mas que seja sem interferência. Aliás, o governo não esteve aqui no dia do início dos trabalhos legislativos, espero que faça o mesmo no dia da votação das comissões”, alfinetou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui