REFLEXÕES DE UMA SEMANA ‘BARRA PESADA’

0
8

A semana terminou com o “fogo amigo” do deputado distrital Geraldo Naves (DEM), que falou demais à TV Globo, e acabou afirmando que recebeu aquele tal bilhete diretamente das mãos do governador Arruda. O clima ficou quente em Águas Claras na manhã deste sábado (6). Broncas, críticas e insinuações ocorreram em acaloradas discussões entre assessores de Arruda. Houve, entretanto, uma unanimidade: o reconhecimento da irracional trapalhada do deputado metido a policial. Naves foi afastado da Câmara Legislativa e ainda pode ser cassado por quebra de decoro parlamentar. Muitos querem saber quem era o assessor de um deputado governista, que acompanhava os policiais civis de Goiás que estavam espionando as deputadas Jaqueline Roriz (PMN) e Érika Kokay (PT). O grupo de arapongas foi preso. Após prestar esclarecimentos, o grupo foi liberado. Os policiais civis afirmaram que o mandante da operação, foi Fábio Simão. Deputados distritais governistas estão estarrecidos com tantas escorregadas palacianas. Enquanto isso, o ex-governador Joaquim  Roriz retornou à Brasília e já na próxima semana, terá encontros importantes e receberá pesquisas que lhe ajudarão a montar o cenário político para as eleições de outubro. Partidos e muitos políticos querem conversar com ele. Afinal, ele continua em primeiro nas pesquisas. E o DEM pode aguardar por mais escândalos nos próximos dias, enquanto Paulo Octávio prepara o terno para uma eventual posse. Fevereiro promete muitas emoções e algumas prisões…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui