Rollemberg veta Lei de Delmasso que acaba com o ‘jeitinho’ na hora de pagar

2
11

Em 2014, o  então candidato Rodrigo Rollemberg (PSB),  por várias vezes durante a campanha eleitoral, prometeu que, caso eleito, faria um governo transparente. Ele foi eleito governador do Distrito Federal mas parece ter mudado o discurso.


Rollemberg vetou o Projeto de Lei  325/2015, de autoria do deputado distrital Rodrigo Delmasso, que Dispõe sobre a ordem cronológica de pagamento a ser obedecida no âmbito das contratações e aquisições realizadas pela administração pública dos Poderes Executivo e Legislativo do Distrito Federal.

Ou seja: o governador do PSB, além de não querer dar transparência sobre pagamentos a prestadores de serviços,  prefere dar continuidade ao ‘jeitinho’, ou seja: o governo só paga quem  quer e quando quer. Neste caso, amigos do governo normalmente são beneficiados.

O PL 325/2015 recebeu veto total de Rollemberg, que sequer tentou conversar com o autor do projeto a respeito. Delmasso promete derrubar o veto no Plenário. Enquanto isso, entidades comerciais importantes da cidade, como a FIBRA, por exemplo, torcem para que o veto seja mesmo derrubado. “Querem continuar furando a fila de recebimento do GDF, o que é uma afronta”, afirmou conhecido empresário que pediu o anonimato.

E por último um detalhe bem interessante: Caso o governador Rollemberg tivesse sancionado a Lei, a mesma só se aplicaria em 2016. O que esconde o atual governo para evitar um Projeto tão relevante para a sociedade? Que transparência é essa?

Só para lembrar: Governo que não ouve a sociedade através de seus deputados, ignora e menospreza a população.

 

 

 

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui