ROSSO VISTORIA EPTG

0
13
DISTRITO FEDERAL
Rosso vistoria EPTG e confirma conclusão das obras até 10 de novembro

Depois de vistoriar as obras da nova Estrada Parque Taguatinga (EPTG), na manhã desta segunda-feira (13), o governador Rogério Rosso afirmou que os trabalhos estarão concluídos em 60 dias. “Fiquei satisfeito com a qualidade da obra, porém – assim como a população – quero mais velocidade na execução dos serviços”. O governador reuniu-se com representantes do consórcio responsável pela execução do empreendimento e obteve a garantia de que o prazo contratual será cumprido, ou seja, as obras, que se iniciaram em 30 de abril do ano passado, estarão prontas até o próximo dia 10 de novembro.

Rosso visitou o canteiro do consórcio das empresas que estão executando a obras, ao lado do Setor Habitacional Lúcio Costa, e assistiu a uma exposição sobre o andamento dos trabalhos. O governador estava acompanhado do secretário de Obras, João Padilha, do secretário de Transportes, Guálter Tavares, e do diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), Luiz Carlos Tanezini. A ampliação da EPTG é considerada fundamental. A via é utilizada por aproximadamente 50% de todos os passageiros do transporte público do DF. Além disso, 140 mil veículos passam pela EPTG todos os dias.

No total, estão sendo investidos R$ 306 milhões nas obras de ampliação da EPTG, 30% dos quais de responsabilidade do GDF. Os outros 70% restantes são financiados com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Além de ganhar vias marginais nos dois sentidos e asfalto novo nas pistas já existentes, a EPTG contará com um corredor exclusivo para ônibus. Viadutos, passarelas e ciclovia – que será construída na segunda etapa das obras – também integram o novo traçado do trecho de 12,7 quilômetros entre a entrada de Taguatinga e o acesso à Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia).

Ônibus articulados circularão pela via

Pedestres contarão com 17 passarelas, com estações para embarque e desembarque no transporte coletivo. Ônibus articulados com até 160 passageiros circularão em faixa exclusiva no centro da pista, construída em concreto para aumentar a vida útil. Os veículos terão portas para embarque e desembarque pelo lado esquerdo e acessibilidade para pessoas com deficiência.

De acordo com o governador Rogério Rosso, o edital para aquisição dos ônibus articulados está sob análise do Tribunal de Contas do DF. “Assim que o Tribunal conclua seu trabalho, poderemos prosseguir a licitação para a compra dos ônibus que trafegarão pelo corredor exclusivo da EPTG”, adiantou Rosso. “Com a implantação do corredor exclusivo para ônibus articulados, conseguiremos transportar mais passageiros em menos veículos, ou seja, aumentaremos a eficiência, reduziremos a frota de ônibus e isto terá impacto até na política tarifárias”, completou o secretário de Transportes Guálter Tavares. Informações de Netto Costa – Agência Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui