Sem salário e benefícios do mês, terceirizados vão intensificar a greve nas escolas públicas do DF

0
29

 

 

Por Imprensa Sindiserviços-DF – Robson Oliveira Silva

Os diretores do Sindiserviços-DF, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados no DF, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (17), com as (os) merendeiras (os) e os trabalhadores na limpeza das escolas publicas de Santa Maria, Sobradinho, Planaltina, São Sebastião, Paranoá, Samambaia, Ceilândia, Taguatinga, Riacho Fundo I e II, Guará, Cruzeiro, Plano Piloto, Núcleo Bandeirante e Recanto das Emas, que alem de reafirmar que ainda não receberam o salário e tíquete alimentação do mês, decidiram que vão ampliar a greve nesta sexta-feira (18), com adesão dos demais trabalhadores terceirizados nas escolas publicas do Distrito Federal (DF).

Mesmo com a afirmação da Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal (SEEDF), em reunião nessa quarta-feira 16, com os diretores do Sindiserviços-DF, na Sede II da SEEDF na 607 Norte, que já haviam quitado a parcela contratual do mês de setembro com as empresas prestadoras de serviços, a categoria afirmam que não recebeu os seus direitos e reclama dos constantes atrasos de salários e benefícios, juntamente com o jogo de empurra dos patrões e do Governo do Distrito Federal (GDF), quanto a assumir as responsabilidades e os prejuízos causados na categoria, disse a presidente do Sindiserviços-DF, Maria Isabel Caetano dos Reis (Dona Isabel).

Em busca de uma solução imediata, mais de 550 merendeiras da empresa Planalto estão sem receber o tíquete alimentação há dois meses e com o salário deste mês atrasado.

Da mesma forma; com o salário e o tíquete alimentação deste mês atrasados, estão mais de 800 merendeiras (os) empregadas (os) da empresa G & E Serviços, e que já não sabem como vão fazer para quitar suas dividas.

Atolados em dividas, com ameaça de despejo e com a alimentação precária, também estão mais de três mil empregados das empresas Juiz de Fora, Servegel e Real JG e que são auxiliares de serviços gerais na limpeza das escolas públicas do DF, finalizou Dona Isabel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui