TRE proíbe veiculação de propaganda em que Arruda acusa Agnelo

0
12

No vídeo analisado pelo tribunal, o ex-governador diz que foi vítima de golpe e um dos mentores teria sido o atual chefe do Executivo no DF
Uma liminar do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Distrito Federal proibiu, a partir de hoje, a veiculação de um vídeo da campanha do candidato a governador José Roberto Arruda (PR), em que ele diz ter sido vítima de um golpe que teria como um dos mentores o atual governador, Agenlo Queiroz (PT), que concorre à reeleição.
O pedido foi feito à Justiça pela coligação que apoia Agnelo. Segundo um assessor da campanha do petista, a liminar ainda proibiria o candidato do PR de mencionar o golpe, o nome de Agnelo e de citar o PT. A assessoria de imprensa do candidato do PR não atendeu aos telefonemas da reportagem para responder que ações irá tomar.

 

 

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui