61 X 20

0
9

Senado afasta definitivamente Dilma Rousseff da Presidência da República

Senadores decidiram nesta quarta (31), pelo afastamento da petista definitivamente da Presidência da República

ESTADÃO/ REDACÃO

Conduzido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, o julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff começou na quinta-feira (25) com o depoimento de testemunhas. Na segunda (29), ela foi pessoalmente ao Senado apresentar sua própria defesa. …

 

Na terça-feira (30), dos 63 senadores que discursaram, 43 se declararam favoráveis ao impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. Embora não tenha havido nos pronunciamentos um mínimo de 54 apoios para condenar Dilma por crime de responsabilidade, proporcionalmente, houve manifestações entre os senadores para considerá-la culpada.

 

Nesta quarta-feira, 31 de agosto de 2016, foi decretado o afastamento definitivo de Dilma Vana Rousseff da presidência. O placar foi de 61 senadores contra Dilma e votaram pela sua permanência no cargo 20 senadores. Ela perdeu o cargo e só a historia dirá se ela realmente sofreu um golpe, como sempre apregoou durante o seu julgamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui