APÓS DECIDIREM PELO IMPEACHMENT DE ARRUDA, DISTRITAIS VIRAM ‘NOTÍCIA’ NOVAMENTE

3
11

O deputado Leonardo Prudente fez o seguinte comentário hoje, após ver sua foto na primeira página de um conhecido jornal da cidade: “É estranho mesmo esse negócio de poder… bastou a gente (os deputados distritais) falar em votar imediatamente o impeachment de Arruda para ver nossas fotos novamente estampadas em manchetes na primeira página de jornal… “. Pelo visto,  tem gente que ainda acredita na volta de Arruda. Mas as coisas estão caminhando para o seguinte desfecho: Arruda continuará preso ; dos oito deputados denunciados por Durval, pelo menos 3 serão indiciados (porque há elementos para fatos ocorridos na atual legislatura); Paulo Octávio tentará governar mas está numa situação difícil; o certo mesmo, é que o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Wilson Lima, já comprou  terno para sua posse no Buriti. E 17 outras pessoas envolvidas no escândalo de corrupção do DEM, entre empresários, deputados e outras autoridades, serão presas pela PF. Você pode estar perguntando por que apenas 3 deputados sofrerão punições, mas a resposta é simples: alguns que aparecem em vídeos recebendo dinheiro das mãos de Durval, o fizeram em 2006, portanto, na legislatura passada, o que juridicamente é totalmente defensável, até porque se trata de crime eleitoral. Também lembro a você que o escândalo já produziu duas baixas entre os deputados distritais: Leonardo Prudente (sem partido) não será candidato nestas eleições. O ex-deputado do PSB, Rogério Ulysses também não será candidato. E Arruda, que chegou a aparecer na frente em algumas pesquisas para o GDF, está fora do páreo. Pelo visto, vai faltar candidato no Distrito Federal! Enquanto isso, o deputado bispo Renato (PR) que preside a Comissão de Ética da Câmara Legislativa, prometeu rigor com os suspeitos. Renato afirmou a um conhecido jornal que “não está atendendo ligações de deputados envolvidos, e se a pressão continuar, denunciará a obstrução das investigações à PF”. De ameaças em ameaças, a Câmara ferve. Pelo visto, o apocalipse está próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui