ASSIM É FÁCIL DEMAIS! EMPRESA QUE DOOU PARA PR E MINISTRA, MULTIPLICA CONTRATOS

6
9

Da Folha de S. Paulo: Empresa que doou para PR e ministra, multiplica contratos

Acordos de empreiteira com o Dnit cresceram de R$ 20 milhões em 2004 para R$ 267 milhões no ano passado

Tripoloni era declarada firma inidônea pelo TCU quando deu R$ 2,5 mi ao PR e R$ 510 mil a Gleisi, que nega irregularidade

Uma empreiteira do Paraná, que concentrou doações eleitorais para partidos aliados do governo e é alvo de investigações por irregularidades, aumentou em 1.273% seus contratos com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) de 2004 a 2010.

Desde o início do governo Lula, a Sanches Tripoloni, de Maringá, vive um crescimento em seus contratos. Saiu de R$ 20 milhões em 2004 para R$ 267 milhões no ano passado (valores atualizados).

Em maio de 2009, a empresa foi declarada inidônea pelo TCU (Tribunal de Contas da União), ou seja, proibida de fazer negócios com a administração pública.

Auditoria concluiu que a licitação em que a empreiteira conquistou um contrato com o Dnit para fazer o contorno rodoviário em Foz do Iguaçu (Paraná) “deu-se de forma extremamente viciada”.

(…) Ano passado, quando estava impedida de fechar contratos, a Tripoloni doou R$ 2,5 milhões para campanhas do PR, que controla o Dnit.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui