Condenado, ex-deputado Tatico acumula acusações e problemas na Justiça

0
16
O ex-parlamentar, dono do supermercado quase demolido na semana passada, é milionário e deixou a vida pública

 

Renato Alves

 

O então candidato a deputado distrital Tatico durante a campanha de 1998: chapéu, camisa e botas brancas (Zuleika de Souza/CB/D.A Press - 28/6/98)
O então candidato a deputado distrital Tatico durante a campanha de 1998: chapéu, camisa e botas brancas

O Distrito Federal voltou a ouvir falar de Tatico na semana passada. Desta vez, em função do antigo supermercado, no centro da Ceilândia. A Agência de Fiscalização (Agefis) ensaiou cumprir, na terça-feira, uma ordem judicial e derrubar os 3 mil metros quadrados de área pública invadida pelo comércio há 27 anos. Mas bastou funcionários do estabelecimento fecharem uma via para o órgão recuar. Venceu, mais uma vez, a irregularidade e a corrupção, uma marca do dono da loja, que fez fortuna sonegando impostos e contando com a benevolência dos amigos políticos e a morosidade do Judiciário.

Os problemas de José Fuscaldi Cesílio, o Tatico, com a polícia vêm desde 1975, quando a Polícia Civil do Rio de Janeiro o indiciou por estelionato. De lá para cá, foram dezenas de acusações. Elas vão de contrabando, sonegação fiscal e receptação de produto roubado a crime contra a ordem tributária. No entanto, Tatico conseguiu ser absolvido ou teve a pena extinta por causa de demora do julgamento.

Leia mais notícias em Cidades

Condenado a sete anos de prisão, em 2010, o então deputado federal José Tatico (PTB-GO) se tornou o primeiro parlamentar a receber do Supremo Tribunal Federal (STF) uma pena que o mandaria à cadeia. Após apresentar recursos e aguardar três anos para a Corte analisar as apelações, ele acabou beneficiado com a prescrição da pena. Naquele ano, o julgamento aconteceu justamente um dia antes de ele completar 70 anos. À época, a Justiça o condenou por apropriação indébita previdenciária e sonegação de contribuição previdenciária, em um entre as dezenas de processos que acumula. Apesar de escapar da prisão, Tatico é considerado um condenado. Tem esse registro em sua ficha criminal.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui