Sexo e luxúria no Novo Caminho

0
9


assedio sexualNo governo do Novo Caminho, na maioria das secretarias o assédio moral e principalmente sexual eram uma praxe ‘comum’ e alguns coordenadores submetiam suas assessoras a situações absurdas e revoltantes.

Mas ninguém superou um coordenador em especial, que ao longo de 2011 e 2012 promoveu festinhas em que suas assessoras eram obrigadas a comparecer vestidas de maneira sensual ou perderiam seus empregos. Caso ‘cooperassem’,   receberiam aumento salarial (e recebiam, conforme mudanças no DODF).

Nestas festinhas o sexo era a lei, chegando ao ponto de algumas mulheres ficarem em alguns quartos enquanto o coordenador e seus companheiros mais próximos iam trocando de quarto. Esse coordenador,  quando desejava muito uma determinada mulher,  mantinha todos no trabalho até a madrugada para poder ficar mais tempo convencendo a mulher a ter algo com ele.

O mesmo coordenador viajou a trabalho e levou duas assessoras;  Uma ele teve um caso anterior e a outra ele pretendia. Na volta a garota acabou perdendo o marido, pois o mesmo ficou sabendo do que ocorreu na viagem.

Muitas histórias do Novo Caminho seguem aparecendo agora. Tem até secretário fazendo mantendo relações com assessora em pleno gabinete após o expediente.  Algumas dessas histórias aparecem até em DVD…

 

 

 

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui