Marina Silva diz confiar em Deus e na Justiça para registro da Rede

0
14

A decisão do TSE será dada na quinta-feira (3) e enfrenta a oposição do MPE

por Leiliane Roberta Lopes

 

Marina Silva diz confiar em Deus e na Justiça para registro da RedeMarina Silva diz confiar em Deus e na Justiça para registro da Rede

O Ministério Público Eleitoral pediu para o Tribunal Superior Eleitoral negar o registro para a Rede de Sustentabilidade, partido criado por Marina Silva que precisa ser autorizado para poder disputar as próximas eleições.

Ao tomar conhecimento do pedido feito pelo MPE a ex-senadora disse que confia em Deus e na Justiça e que está certa que na próxima quinta (3) o TSE irá dar uma boa notícia julgando favoravelmente à criação do partido.

“Tenho confiança em Deus, na Justiça e no trabalho que fizemos, que foi um trabalho íntegro. Apresentamos as assinaturas dentro do prazo, 668 mil assinaturas. Confiamos que o TSE fará justiça à Rede Sustentabilidade”, disse ela.

Marina foi até o Supremo Tribunal Federal, em Brasília, com apoiadores da Rede para realizar um ato pedindo que a justiça aceite o registro da legenda. Muitos políticos participaram do ato segurando faixas com o nome da Rede e mostrando o nome de estados brasileiros.

O Ministério Público Eleitoral, através do vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, enviou um parecer ao TSE dizendo que a Rede não conseguiu juntar a quantidade de assinaturas suficientes.

“Constata-se que o ora requerente não obteve o número mínimo necessário de apoiamentos”, diz trecho do texto. Para o MPE há apenas 442 mil assinaturas válidas, sendo que a Rede afirma ter recolhido mais de 668 mil assinaturas de eleitores.

Marina Silva diz que 95 mil assinaturas foram invalidadas injustamente pelo cartórios eleitorais, mas que mesmo assim confia no julgamento do TSE. “Tenho confiança de que os ministros vão julgar de acordo com aquilo que está nos autos. Os ministros seguirão sua convicção”, afirmou.

Membro de igreja evangélica, Marina Silva tem muitos apoiadores da Assembleia de Deus que chegaram a fazer ações de coleta de assinaturas em eventos das igrejas como encontros de obreiros na sede da AD Belém na cidade de São Paulo.

 

 

Fonte: Gospel Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui