MESA DIRETORA DA CLDF: DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS…

40
6
Deputado Patrício, Raad Massouh e Joe Valle: representação contra parlamentares só vale para quem eles querem.

Três deputados distritais, membros da Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal, se reuniram nesta terça (12) e decidiram o seguinte: Arquivar os pedidos de investigação contra os deputados Celina Leão (PMN) e Chico Vigilante (PT), e encaminhar à Corregedoria da Casa, representação feita contra o deputado Benedito Domingos (PP), que pertence à base aliada do governo de Agnelo Queiroz (PT).

O comportamento de três componentes da Mesa, deputados Raad Massouh (DEM), Patrício (PT) e Joe Valle (PSB) é no mínimo estranho e merecedor de dúvida e talvez investigação. Há dois pesos e duas medidas visíveis nestas decisões. Parece que não interessa à Mesa Diretora investigar Celina Leão que denunciou Chico Vigilante  e vice versa. Afinal, as denúncias foram feitas entre parlamentares e igualmente foram destaques na mídia local. Ou se investiga tos três, porque os fatos são notórios, ou se arquivam todos os pedidos baseados em fatos divulgados por parte da imprensa.

Quanto ao deputado Benedito Domingos, estranha o fato de ele sequer ter sido  ouvido em inquérito, Ministério Público ou Delegacia , sem contar  que a pessoa que fez a representação contra o parlamentar, ser a mesma que apresentou outros pedidos na casa, baseados em “matérias jornalísticas veiculadas na imprensa local”. Por outro lado, existem  indícios (inclusive com farta documentação) muito sólidos contra o deputado Alírio Neto (PPS), por exemplo, e nem o governo, nem a Mesa Diretora da CLDF,  nada disseram ou fizeram a respeito. O deputado que é secretário de Justiça continua no cargo sem ser aborrecido com manchetes no DF. Parece até que estão tentando tirar alguém do foco.

Benedito está de licença médica por 15 dias. Por telefone, ele  afirmou ao blog que  ficou perplexo  com a decisão dos três parlamentares,  e concluiu: “Imagine que na lá na frente, a verdade revele – e vai revelar – que sou  totalmente inocente neste episódio? E  daqui até lá, e o desgaste? Quem vai reparar? Até porque não fui ouvido em lugar algum. Até agora, existem apenas especulações e uma representação feita por um cidadão que admitiu que eu preciso ser investigado ‘baseado’ unicamente em fatos noticiados pela imprensa. Que fatos são esses se nem inquérito ou processo foi concluído? Acredito em Deus e que a Justiça será feita, e tomarei todas as medidas cabíveis contra aqueles que tentam denegrir minha imagem e manchar minha carreira política. Se alguém errou, não fui eu. E quem errou, que seja punido. Mas não admitirei que inverdades sejam covardemente imputadas à mim”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui