MILTON E JAQUELINE NEGAM TER RECEBIDO DINHEIRO DE ARRUDA

1
9

Sobre a citação de seu nome na ação do Ministério Público do DF que pede a suspeição de deputados e suplentes para julgar a licença para processar Arruda, o deputado Milton Barbosa (PSDB) disse que “tem as mãos limpas”.

Milton Barbosa garante que a referência a seu nome numa lista encontrada na casa do ex-presidente da Câmara Legislativa Leonardo Prudente está relacionada à divisão dos cargos na estrutura da Casa. “Todo número encontrado em lista agora é considerado cabalístico. No meu caso, não é mensalão”, disse Milton Barbosa.

Essa é a mesma argumentação apresentada pela assessoria da deputada distrital Jaqueline Roriz (PMN), a de que se trata de valores referentes a cargos na estrutura da Câmara Legislativa. O nome dela consta da mesma lista em que aparecem os seguintes dizeres:

Milton – + sec execut +- 12.000

Jaqueline +- 12.000

Rogério +- 12.000

Raimundo +- 12.000

Eurides +- 14.000

Benedito +- 12.000

Fonte: blog da ana maria campos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui