Ministério Público investiga rede que controla 90% dos leitos do DF

0
13
A compra de hospitais particulares no Distrito Federal pela Rede D’Or, controlada peço Banco BTG Pactual, está sendo investigada desde a última quarta-feira (12/9) pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

A rede adquiriu, no primeiro semestre de 2012, 50% de todos os hospitais privados do DF. Só em maio, mesmo sem a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a Rede D’or comprou cinco hospitais particulares: Santa Lúcia, Santa Helena, Prontonorte, Maria Auxiliadora e Renascer.

Em abril, já tinham sido comprados o Santa Luzia e o Hospital do Coração do Brasil. De acordo com o Conselho Regional de Medicina, o grupo ainda tem a intenção de comprar outros hospitais na cidade. A Rede D’Or também é sócia da Amil, detentora do Hospital Brasília, do Hospital das Clínicas de Brasília e do JK.

Para os promotores de Justiça, na prática, a rede controla quase 90% de todos os leitos hospitalares do DF, caracterizando a situação como monopólio. De acordo com o MPDFT, este controle gera repercussões negativas aos usuários, como o desrespeito à livre concorrência e ofensa aos interesses coletivos do consumidor.

De acordo com o promotor de Justiça Leonardo Roscoe Bessa, as ações do grupo podem resultar em aumento de preço, piora da qualidade dos serviços e a mercantilização da saúde no DF.

Com informações do MPDFT

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui