Voluntário Cidadão

0
9

O Abrigo dos Excepcionais Ceilândia (AEC), foi fundado em 06 de maio de 1973 e acolhe 64 pessoas, entre adultos de ambos os sexos, carentes e/ou abandonados pela família. A entidade cuida dos excepcionais, fornece auxílio médico e social além de promover atividades para os acolhidos.

A missão do AEC é prestar serviços nas áreas de saúde, educação e assistência social aos acolhidos, que por sua vez possuem deficiências múltiplas (mental e física) e que são privados da convivência familiar por abandono, negligência ou orfandade.

O abrigo recebe ajuda do Governo do Distrito Federal (GDF) através de convênio com a Secretaria de Ação Social. O que é fornecido não é suficiente para o abrigo manter-se integralmente durante o mês, portanto são necessárias ajuda de voluntários físicos ou jurídicos.

Cada acolhido tem suas necessidades básicas: vestuário, alimentação, higiene pessoal e medicação. Jorge Deister, conhecido como Jorginho, fala que o maior gasto dos acolhidos são com fraldas geriátricas, em média são usadas 150 por dia. Os medicamentos que alguns dos excepcionais usam tem custo elevado e são de extrema necessidade para o tratamento deles.

Em visita ao abrigo, é visível a alegria no semblante de cada acolhido. A carência de atenção, de carinho ou de um simples olhar. Uma simples visita ou uma atividade, pode fazê-los felizes. Vamos abraçar a causa e ajudá-los? A garantia é que você sairá desse lugar com mais humanidade e uma outra visão do mundo em que vivemos.

 

Fonte: SEJUS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui