Celina Leão vai ao MP e MPF contra escândalo dos perfis falsos no DF

0
3

 

celina leao atacaVítima de ataques orquestrados nas redes sociais, a deputada distrital Celina Leão (PSD) protocolou uma representação no Ministério Público do Distrito Federal (MPDF) e no Ministério Público Federal (MPF), contra o governador Agnelo Queiroz, o ex-secretário de publicidade Abimael Nunes e o casal de empresários Rosa Sarkis e Sérgio Diniz proprietários da Sarkis Comunicação, pelos crimes de responsabilidade e improbidade administrativa. A parlamentar, também propôs a abertura de uma CPI para investigar as responsabilidades dos gestores públicos nos ataques virtuais. “É importante saber quem são os atores e o papel de cada um deles dentro desse processo de construção de perfis e dossiês falsos, denunciado pela Veja e esta Casa não pode se omitir” observa.

 

Com dinheiro público, a empresa paga pelo GDF criou uma militância virtual com um exército de perfis forjados para atacar, segundo Celina Leão, todas as vozes que se levantassem contra o governador Agnelo Queiroz, fossem adversários políticos, jornalistas, blogueiros ou o cidadão comum.  Os conhecidos fakes não tinham pudor ao usar palavrões, ou falsas denuncias com o objetivo de desmoralizar os que ousaram criticar o governo Agnelo, ou questionar sua atuação pífia â frente do DF. Muitos usuários do twitter chegaram a registrar boletins de ocorrência diante da gravidade dos ataques e até ameaças, que por vezes ultrapassavam as questões políticas para atingir a honra e a intimidade das pessoas.

 

Celina Leão registrou uma queixa-crime no inicio de 2012, ocasião em que acusou o GDF de estar por trás daqueles ataques virtuais e levou sua indignação a Câmara Legislativa. A parlamentar a época prometeu: “Vou apurar a raiz dessa ação coordenada de perfis falsos que usam sempre as mesmas notícias falsas para atacar cidadãos de bem. Esse tipo de ação suja denigre a imagem dos gestores públicos”, reclamou. “Denunciei porque fui vítima inúmeras vezes, agora as provas estão aí, as próprias funcionárias que operavam os perfis confessaram a mando de quem o faziam”, desabafa.

 

A última edição da Revista Veja, que trouxe matéria com o título “Fantasmas profissionais”, revelou que agência de publicidade que trabalha para o GDF contratou empresa que frauda perfis falsos na internet, para elogiar o governador e difamar os adversários até março deste ano.

Fonte: assessoria de imprensa da deputada Celina Leão

 

Comentário de Donny Silva: Fui vítima desta quadrilha virtual e igualmente quero que tudo seja devidamente apurado. 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui