PL PREVÊ CIRURGIA PLÁSTICA EM CASOS DE CÂNCER DE MAMA

7
9

A deputada Eliana Pedrosa protocolou Projeto de Lei na Câmara Legislativa que torna obrigatória a cirurgia plástica reparadora da mama nos casos de mutilação decorrentes de tratamento de câncer. Pela proposta, as mulheres que sofreram mutilação parcial ou total da mama durante o tratamento do câncer de mama terão direito ao procedimento cirúrgico, a ser realizado na Rede Pública Hospitalar do DF.

Dados dos Registros de Base Populacional apontam ser o câncer de mama a neoplasia mais frequente e primeira causa de morte da mulher brasileira. No Brasil, ainda é grande a incidência de mulheres com essa doença. Segundo especialistas, este é um dos tipos de câncer mais temidos, uma vez que afeta a percepção pessoal da mulher, desencadeando problemas psicológicos, com resultado negativo na sexualidade, podendo abrir portas até mesmo para conflitos conjugais.

De acordo com Eliana, a proposta pretende devolver às mulheres submetidas a mastectomia a reintegração do seu aspecto físico. “O seio representa a característica primordial da identidade feminina, possuindo uma forte carga simbólica de feminilidade, sensualidade e maternidade. Oferecendo à mulher a cirurgia plástica, o poder público resgata sua autoestima”, justificou a deputada.

A grande diferença entre a proposta do DF com as já existentes no Brasil é que para a realização da reconstrução das mamas serão utilizadas os meios e técnicas necessárias em todas as suas etapas e especificações cientificas, incluindo a pigmentação em ambas as aréola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui