DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES DO DF TERIAM ESCAPADO MILAGROSAMENTE DE GRAVAÇÕES ARMADAS EM ÁGUAS CLARAS

0
2

LETRA Oassunto correu nas redes sociais, antes mesmo da decisão do cancelamento do encontro tomada pelo deputado federal Izalci Lucas (PSDB), sobre o que ele classificou como “indigesto almoço”.

Na nota de cancelamento, Isalci chegou a alegar que o principal motivo da bancada federal de cancelar o convite de Rollemberg, foi em decorrência de algumas notas “plantadas” em jornais da cidade que davam conta que os parlamentares iria negociar cargos no GDF em troca de apoio ao governo local. As maldosas notas, segundo Izalci teriam sido plantadas pelo próprio governador.

OUTRO MOTIVO

Um dia antes do cancelamento do encontro político em Água Claras, comentários feitos nas redes sociais, davam conta que os deputados poderiam ser vítima de uma armadilha constrangedora: a reunião seria gravada e os áudios disponibilizados na internet como aconteceu com um grupo de deputados distritais fazendo suposta cobrança de cargos na administração pública.

O caso que envolveu os deputados distritais ocorreu em maio do ano passado durante uma reunião no gabinete do governador Rodrigo Rollemberg no Palácio do Buriti. O papo foi “grampeado” e vazado para a internet. Nos áudios, os distritais falavam em “repartir o bolo por igual”.

No encontro haviam 11 deputados distritais e pelo menos 2 secretários estavam com Rollemberg na reunião “grampeada”. Na época, o caso foi parar na polícia a pedido da presidente da Câmara Legislativa, Celina Leão, porém não teve resultado alguns sobre quem fez realmente as gravações.

O Radar procurou o coordenador da bancada federal, deputado Izalci Lucas para falar sobre o assunto. “Não duvido nada de que eles poderiam também fazer o mesmo com a gente da mesma forma que fizeram com os distais no Buriti”, disse o deputado. Ele nao descartou a possibilidade.

O encontro entre a bancada federal, que reúne oito deputados e três senadores, ocorreria na terça-feira passa (31), mas foi desmarcada pelo próprio Izalci, diante das notas maliciosas “plantada” nos jornais, que davam conta que o encontro se daria para que deputados e senadores cobrassem a indicação de cargos na estrutura do GDF.

O deputado voltou a afirmar que o encontro proposto pelo próprio governador tinha o objetivo de discutir sobre as emendas da bancada para o Distrito Federal, fato que não tem ocorrido por falta de projetos do governo do DF.

“Agora se Rollemberg quiser ainda debater sobre esse assunto com a bancada federal, que penso ser de grande importância para o Distrito Federal, que ele venha até aqui na Câmara” , disse o parlamentar.

 

Fonte: Radar Condomínios

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui